Diário Logo

O Diário Logo

7 curiosidades sobre os bigodes dos gatos 

Os bigodes dos gatos, também conhecidos como vibrissas, têm uma série de funções essenciais que vão muito além de simplesmente contribuir para a estética do animal. Eles desempenham um papel vital na sobrevivência e no bem-estar desses felinos, destacando-se como uma das características mais diferentes e funcionais de sua anatomia.  Por isso, a seguir, confira […]

17 de maio de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Os bigodes dos gatos, também conhecidos como vibrissas, têm uma série de funções essenciais que vão muito além de simplesmente contribuir para a estética do animal. Eles desempenham um papel vital na sobrevivência e no bem-estar desses felinos, destacando-se como uma das características mais diferentes e funcionais de sua anatomia. 

Por isso, a seguir, confira 7 curiosidades sobre os bigodes dos gatos! 

1. Fios sensoriais essenciais 

Os bigodes dos gatos são muito sensíveis, sendo excelentes para detectar qualquer mudança no ambiente ao redor. Esses fios têm muitas terminações nervosas e ajudam os bichanos a se movimentarem em espaços apertados, calcularem a altura de saltos e detectarem movimentos sutis, mesmo no escuro. 

2. Localização estratégica 

Os bigodes dos gatos não se limitam ao rosto; eles também estão presentes em locais estratégicos do corpo, incluindo sobrancelhas, queixo e até mesmo pernas. Isso ajuda os bichanos a terem uma compreensão tridimensional do ambiente. 

3. Comprimento preciso 

Os bigodes dos gatos têm aproximadamente a mesma largura que o corpo do animal, quando completamente esticados para os lados. Isso ajuda eles a determinarem se conseguirão ou não passar por um espaço estreito sem ficarem presos. 

4. Sensibilidade à temperatura e pressão 

Além de detectar movimentos, os bigodes também são sensíveis à temperatura e à pressão. Isso ajuda os gatos a determinarem se um objeto está quente demais para tocar ou se é seguro para eles saltarem sobre uma superfície. 

Gato da raça scottish fold deitado em um tapete
Os bigodes podem indicar se o felino está desconfortável ou relaxado (Imagem: Andrey Tairov | Shutterstock)

5. Comunicação visual 

Os bigodes também desempenham um papel importante na comunicação entre os gatos. Quando ele está se sentindo amigável e relaxado, esses fios ficam voltados para frente. Se estão para trás, pode ser um sinal de alerta ou desconforto

6. Renovação contínua 

Assim como os pelos, os bigodes dos gatos crescem continuamente e, às vezes, caem para que outros possam nascer. É importante não cortar ou mexer nos bigodes do bichano, pois isso pode desorientá-lo e prejudicar sua capacidade de compreender o ambiente. 

7. Proteção dos olhos 

Os bigodes acima dos olhos ajudam a proteger os olhos do gato. Quando um objeto se aproxima muito, esses fios se movem automaticamente para trás, sinalizando ao felino que há algo muito perto. Isso ajuda a evitar possíveis danos ou lesões oculares. 

Veja Também