Diário Logo

O Diário Logo

8 cuidados para proteger a saúde nos dias frios

Após ondas de calor persistentes, as temperaturas caíram em vários estados brasileiros. Segundo a meteorologia, a frente fria atingiu, principalmente, a região centro-sul do país, mas também teve efeitos significativos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e sul de Mato Grosso. É comum associarmos o […]

4 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Após ondas de calor persistentes, as temperaturas caíram em vários estados brasileiros. Segundo a meteorologia, a frente fria atingiu, principalmente, a região centro-sul do país, mas também teve efeitos significativos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e sul de Mato Grosso.

É comum associarmos o aumento de problemas respiratórios ao tempo frio. Todavia, a queda da temperatura em si não causa doenças respiratórias. “As baixas temperaturas, por si só, não causam diretamente doenças respiratórias, mas podem criar um ambiente propício para a propagação de vírus respiratórios”, explica o Dr. Helder Almada, profissional da área de clínica médica do AmorSaúde, rede de clínicas parceiras do Cartão de TODOS.

Segundo o médico, ficar em espaços fechados para se manter aquecido pode ajudar na propagação de certas doenças. “No inverno, as pessoas tendem a passar mais tempo em ambientes fechados para evitar o frio e isso pode facilitar a transmissão destes vírus de uma pessoa para outra, especialmente em espaços lotados e mal ventilados”, afirma.

O que o frio pode causar ao corpo?

Apesar de não ser exatamente a causa de doenças respiratórias, o frio pode afetar a saúde de outras maneiras, tais como:

1. Ressecamento das membranas mucosas

O ar é mais seco durante o inverno e especialmente em ambientes internos aquecidos. A baixa umidade pode ressecar as membranas mucosas do nariz e da garganta, tornando-as mais suscetíveis a infecções virais.

2. Enfraquecimento do sistema imunológico

O frio intenso pode diminuir a resposta imunológica do corpo, tornando-o mais suscetível a infecções virais. Além disso, as mudanças bruscas de temperatura entre ambientes internos aquecidos e externos frios podem colocar uma pressão adicional sobre o sistema imunológico.

3. Redução da produção de vitamina D

Durante o inverno, as pessoas tendem a passar menos tempo ao ar livre e, consequentemente, têm menos exposição à luz solar, importante para a produção de vitamina D, que desempenha um papel crucial na função imunológica. A deficiência de vitamina D pode aumentar o risco de infecções respiratórias.

Hábitos para manter a saúde no frio

Durante os dias frios, algumas práticas devem ser redobradas para manter o corpo saudável e evitar as doenças típicas do período, como:

1. Mantenha o corpo aquecido

Segundo o Dr. Helder Almada, “agasalhar-se no frio não é apenas uma questão de conforto, mas também é essencial para proteger a saúde e prevenir uma série de problemas relacionados ao clima frio”. Quando nos vestimos com roupas quentes, nos protegemos contra a hipotermia, que ocorre quando o corpo perde calor mais rapidamente do que pode produzir, enfraquecendo o sistema imunológico. Por isso, são tão importantes as campanhas do agasalho, que arrecadam roupas para aquecer e proteger pessoas em situação de vulnerabilidade.

2. Beba água regularmente

Apesar de não sentirmos tanta sede quanto no verão, o especialista reforça que a ingestão de água durante esse período frio permanece crucial. “Nós não perdemos água somente na transpiração, que é mais comum no calor, mas também por meio da respiração e da urina. A falta de ingestão adequada de água pode levar a sintomas de desidratação como dores de cabeça, fadiga, tonturas, dentre outros”, reforça.

Um prato branco com alimentos saudáveis, como: tomate, salmão, brócolis, alho e outros. Ao lado uma maçã e um estetoscópio
Dieta balanceada fornece os nutrientes essenciais para manter o sistema imunológico forte (Imagem: New Africa | Shutterstock)

3. Alimente-se corretamente

Consuma uma dieta balanceada, rica em frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras para fornecer ao corpo os nutrientes necessários para manter um sistema imunológico forte e ainda ajudar na hidratação. “Você pode consumir líquidos na forma de chás quentes, sopas e alimentos ricos em água, como frutas e vegetais, para ajudar a manter um bom equilíbrio hídrico no corpo”, afirma o Dr. Helder Almada.

4. Conserve a boa higiene

Mesmo que queira evitar a água fria, lave as mãos regularmente com água e sabão e evite tocar o rosto, especialmente o nariz, a boca e os olhos, para reduzir o risco de contrair infecções respiratórias.

5. Verifique a carteira de vacinação

Certifique-se de estar atualizado com a vacinação contra a gripe, pois a doença é mais comum durante os meses frios.

6. Pratique exercícios físicos

Mantenha-se ativo com exercícios físicos regulares, mesmo que seja apenas uma caminhada rápida ou uma sessão de exercícios em casa. O exercício ajuda a fortalecer o sistema imunológico e a melhorar o humor.

7. Cuide da pele

Hidrate a pele regularmente com loções ou cremes para evitar o ressecamento e proteger contra rachaduras. “O ar frio e seco pode ressecar a pele, causando desconforto e até mesmo problemas como irritações cutâneas”, explica o Dr. Helder Almada.

8. Evite ambientes fechados e lotados

Tente evitar ficar por longos períodos em locais fechados e mal ventilados, onde a transmissão de vírus respiratórios pode ser mais fácil.

Por Nayara Campos da Silva

Veja Também