Diário Logo

Notizia Logo

8 raças de cachorro com muita energia

Quando o assunto são raças de cachorros, há uma vasta gama de tamanhos, pelagens, temperamentos e habilidades. Por isso, cada uma delas possui características que as tornam únicas, desde a sua origem histórica até os traços comportamentais. Nessa diversidade, há cães que se destacam por sua energia e necessidade constante de atividades para canalizar esse […]

4 de abril de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Quando o assunto são raças de cachorros, há uma vasta gama de tamanhos, pelagens, temperamentos e habilidades. Por isso, cada uma delas possui características que as tornam únicas, desde a sua origem histórica até os traços comportamentais. Nessa diversidade, há cães que se destacam por sua energia e necessidade constante de atividades para canalizar esse entusiasmo. 

Por isso, a seguir, conheça 8 raças de cachorro com muita energia!  

1. Border collie 

Border collie na grama.
O border collie necessita de atividades diárias para o seu bem-estar (Imagem: Arnold.Petersen | Shutterstock)

Originário da Grã-Bretanha, o border collie era utilizado como pastor de ovelhas. Ele tem pelagem dupla, corpo atlético e olhos expressivos. É um animal inteligente, ágil e altamente dedicado ao trabalho. Além disso, é extremamente alerta e ávido por aprender. Requer muita atividade física e mental diariamente para se manter feliz e saudável. 

2. Jack russell terrier 

Jack russell terrier brincando na grama com brinquedo na boca.
O jack russell terrier é conhecido por sua vivacidade (Imagem: alexei_tm | Shutterstock)

O jack russell terrier foi desenvolvido na Inglaterra para caçar raposas. Ele tem um corpo pequeno, orelhas erguidas e pelagem curta e áspera. Destemido e cheio de energia, é conhecido por sua personalidade vibrante e determinação. Além disso, ele precisa de exercícios e brincadeiras constantes para evitar o tédio e comportamentos destrutivos. 

3. Dálmata 

Dálmata em um gramado.
O dálmata precisa de estímulos regulares para gastar energia (Imagem: Iph Varg | Shutterstock)

Originário da Croácia, o dálmata era utilizado como cão de carruagem no século 19. Ele apresenta um corpo esbelto, pelagem branca com manchas pretas (ou marrons). Alerta, enérgico e sociável, é um cachorro amigável. Todavia, precisa de estímulo constante para gastar energia. Por isso, beneficia-se de atividades que envolvam corrida e jogos. 

4. Labrador retriever

Labrador em um gramado.
O labrador retriever necessita de exercícios diários para evitar problemas de peso e comportamento (Imagem: sanjagrujic | Shutterstock)

Originário do Canadá, o labrador retriever era utilizado para recuperar presas na água durante caçadas. Ele tem corpo musculoso, pelagem densa e orelhas pendentes. Amigável, gentil e inteligente, é conhecido por sua disposição para o trabalho e obediência. Além disso, precisa de atividades físicas diárias para evitar o excesso de peso e problemas comportamentais. 

5. Husky siberiano 

Husky siberiano deitado em um gramado.
O husky siberiano é muito ativo e requer exercícios constantes (Imagem: Sbolotova | Shutterstock)

Como o próprio nome diz, o husky siberiano é originário da Sibéria e era utilizado como cão de trenó. Ele tem pelagem densa e dupla, olhos azuis ou heterocromáticos, isto é, um de cada cor. Independente, energético e sociável, é um cachorro muito ativo e adora explorar. Por isso, requer exercícios e estimulação mental regular para evitar o tédio e comportamentos destrutivos. 

6. Vizsla

Vizsla e, um gramado.
O vizsla é um cão que necessita de exercícios vigorosos e estímulo cognitivo para evitar comportamentos inadequados (Imagem: TMArt | Shutterstock)

Originário da Hungria, o vizsla era utilizado como cão de caça. Ele tem um corpo com aparência elegante, pelagem curta e cor dourada ou castanho-avermelhada. Afetuoso, enérgico e inteligente, é um animal extremamente dedicado aos seus tutores. Além disso, necessita de exercícios intensos e atividades que estimulem sua mente para evitar o tédio e comportamentos indesejados. 

7. Pastor australiano

Pastor australiano em uma floresta perto de uma árvore.
O pastor australiano precisa de exercícios físicos e mentais regulares para evitar problemas de saúde e comportamentais (Imagem: Mariya Kuzema | Shutterstock)

Embora tenha “australiano” em seu nome, sua origem remonta aos Estados Unidos, onde era utilizado para pastoreio. O pastor australiano tem pelagem média a longa, variando em cores e padrões, e olhos de cores diferentes. Inteligente, trabalhador e leal, é um cachorro extremamente ativo e ágil. Por isso, necessita de exercícios físicos e mentais regulares para evitar comportamentos destrutivos e problemas de saúde. 

8. Boxer

Boxer em um gramado.
O boxer necessita de exercícios físicos e brincadeiras para manter sua saúde física e mental (Imagem: ibanezfilm | Shutterstock)

Originário da Alemanha, o boxer era utilizado para caça e como cão de guarda. Ele tem corpo musculoso, mandíbula prognata (mandíbula inferior é projetada para frente em relação à mandíbula superior) e pelagem curta. Brincalhão, enérgico e leal, esse cachorro é extremamente afetuoso e devoto à sua família. Além disso, requer exercícios físicos e brincadeiras para canalizar sua energia e manter sua saúde física e mental. 

Veja Também