Diário Logo

O Diário Logo

8 temas de História mais cobrados no Enem e vestibulares

Tanto no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) quanto em outros vestibulares, os temas cobrados na prova de História costumam ser bem variados. Nos últimos anos, contudo, alguns assuntos específicos marcaram presença relevante nos exames. Conhecer os principais assuntos pode ser crucial para um bom desempenho. Confira! História geral A história geral nos leva por […]

2 de julho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Tanto no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) quanto em outros vestibulares, os temas cobrados na prova de História costumam ser bem variados. Nos últimos anos, contudo, alguns assuntos específicos marcaram presença relevante nos exames. Conhecer os principais assuntos pode ser crucial para um bom desempenho. Confira!

História geral

A história geral nos leva por um percurso que vai desde as formas políticas do Ocidente até os confrontos globais do século XX, passando pela cultura medieval e pelas dinâmicas do trabalho no Ocidente. Os temas a seguir foram os mais cobrados nos vestibulares nos últimos anos:

1. Antiguidade Clássica – Grécia

A civilização grega antiga é frequentemente estudada por sua influência duradoura em diversos aspectos da cultura ocidental. Desde a democracia ateniense até os avanços na filosofia, arte e ciência, a Grécia Clássica proporcionou uma base fundamental para o desenvolvimento posterior da civilização europeia. Nos exames, espera-se que os estudantes compreendam não apenas os eventos históricos, mas também os impactos culturais e políticos da Grécia Antiga.

2. Antiguidade Clássica – Roma

Roma Antiga é outro pilar da Antiguidade Clássica que teve um impacto duradouro no mundo ocidental. A evolução de Roma, desde a monarquia até a república e o império, suas contribuições ao direito, à engenharia e à organização política, são tópicos frequentemente abordados nos exames. Compreender a história romana é essencial para entender a formação das instituições ocidentais e a disseminação da cultura greco-romana.

3. Neocolonialismo

O Neocolonialismo refere-se ao período pós-colonial do século XIX, no qual as potências europeias, apesar de formalmente concederem independência às suas colônias, continuaram a exercer controle econômico e político significativo sobre vastas áreas do mundo.

Esse fenômeno influenciou profundamente as relações internacionais, o desenvolvimento econômico global e as lutas por independência nacional em diversas regiões. Nos exames, é fundamental entender como o Neocolonialismo moldou o mapa político e econômico do mundo moderno.

4. Nazifascismo

O nazifascismo refere-se aos regimes totalitários liderados por Adolf Hitler na Alemanha nazista e Benito Mussolini na Itália fascista durante o século XX. Caracterizados por um nacionalismo extremo, políticas expansionistas, supressão de direitos individuais e perseguição de minorias, esses regimes tiveram um impacto devastador na Europa e no mundo.

Nos exames, os estudantes são frequentemente testados sobre as causas, as consequências e o contexto histórico do nazifascismo, além de suas implicações para a Segunda Guerra Mundial e o pós-guerra.

Mastro com bandeira do Brasil
História do Brasil é um dos temas que são cobrados no Enem (Imagem: Arnaldo Jr | Shutterstock)

História do Brasil

Nos exames do Enem e vestibulares, a História do Brasil é um componente essencial, cobrindo períodos e eventos cruciais que moldaram a nação. Confira os temas mais frequentemente abordados:

1. Ditadura Militar

O regime militar que governou o Brasil de 1964 a 1985 foi um período marcado por repressão política, censura, tortura e perseguição a opositores. Entender este período é crucial para compreender as dinâmicas políticas contemporâneas e as lutas pela redemocratização. Nos exames, espera-se que os estudantes conheçam os principais eventos, os personagens e as consequências desse regime.

2. Era Vargas

Getúlio Vargas foi uma figura central na política brasileira, liderando o país em dois períodos distintos. Sua primeira fase (1930-1945) incluiu a Revolução de 1930, o Estado Novo e importantes reformas trabalhistas e econômicas. A segunda fase (1951-1954) foi marcada pelo retorno ao poder por meio do voto popular e pela intensificação das políticas desenvolvimentistas. Compreender a Era Vargas é essencial para entender a industrialização e as transformações sociais no Brasil.

3. Segundo Reinado

Durante o Segundo Reinado, sob o governo de Dom Pedro II, o Brasil passou por importantes mudanças políticas, econômicas e sociais. Foi um período de relativa estabilidade, crescimento econômico e avanços culturais, culminando na abolição da escravatura em 1888. Nos exames, é importante conhecer as políticas internas e externas do período, assim como as transformações sociais e econômicas.

4. Movimentos sociais no Brasil

Desde o período imperial, o Brasil tem sido palco de diversos movimentos sociais que lutam por direitos civis, políticos, sociais e econômicos. Esses movimentos incluem a luta abolicionista, as mobilizações operárias, os movimentos estudantis, feministas, ambientais e indígenas, até as recentes manifestações por democracia e justiça social. Entender esses movimentos é fundamental para compreender a formação da sociedade brasileira e suas contínuas transformações.

Veja Também