Diário Logo

O Diário Logo

9 dicas e atividades para entreter as crianças nas férias

Com a chegada das férias escolares, as crianças se enchem de alegria enquanto os pais se preocupam com atividades saudáveis para mantê-las ocupadas. Este período pode representar um grande desafio, especialmente na era tecnológica em que vivemos. Segundo a última pesquisa da TIC Kids Online Brasil, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 95% […]

3 de julho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Com a chegada das férias escolares, as crianças se enchem de alegria enquanto os pais se preocupam com atividades saudáveis para mantê-las ocupadas. Este período pode representar um grande desafio, especialmente na era tecnológica em que vivemos. Segundo a última pesquisa da TIC Kids Online Brasil, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 95% das crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos acessam a internet, o que corresponde a mais de 25,1 milhões de pessoas nessa faixa etária.

“Com a tentação constante das telas, é crucial encontrar alternativas que incentivem a criatividade, a interação social e o desenvolvimento físico. Durante as férias, a tendência de uso de celulares pode aumentar ainda mais devido ao tempo ocioso, por isso é importante garantir que esse período seja repleto de diversão e aprendizado, sem a necessidade constante do uso do celular”, alerta Verônica Cartoce, coordenadora do curso de Educação Física da Faculdade Anhanguera Taboão da Serra.

A seguir, confira algumas dicas de atividades para entreter as crianças nas férias sem o uso de telas!

1. Promova atividades em casa

Para transformar as férias das crianças em algo promissor, a especialista sugere promover atividades em casa. “Um ótimo começo é transformar o quintal ou a sala de estar em um acampamento improvisado. Montar uma barraca, preparar sacos de dormir e contar histórias ao redor de uma ‘fogueira’ feita de lanternas são atividades que estimulam a imaginação das crianças e as encorajam a explorar sem recorrer aos dispositivos eletrônicos”, exemplifica.

2. Envolva as crianças no planejamento

Para os pais que têm receio de não acertar na escolha das atividades, a professora recomenda envolver as crianças no planejamento. “Quando elas se sentem parte do processo, sugerem opções e dicas, estão mais propensas a se interessar pelas tarefas propostas. As férias são uma oportunidade valiosa para explorar novos interesses, desenvolver habilidades e fortalecer os laços familiares. Com planejamento e criatividade, é possível garantir que essas semanas sejam enriquecedoras e divertidas, sem depender excessivamente do celular”, destaca.

3. Organize uma caça ao tesouro

Espalhe pistas e mapas pela casa ou pelo jardim, criando um ambiente de mistério e aventura que requer trabalho em equipe e solução de problemas para encontrar o prêmio final.

4. Faça oficinas de arte

Forneça materiais como tintas, pincéis, papel e itens recicláveis para que as crianças possam criar suas próprias obras de arte. Esta atividade não só permite a expressão criativa, mas também ajuda a desenvolver habilidades motoras finas e concentração.

Homem e menino plantando flores em um jardim
Plantar um jardim ajuda as crianças a entenderem os conceitos básicos de biologia (Imagem: wavebreakmedia | Shutterstock)

5. Plante ervas e flores

As crianças aprendem sobre diferentes plantas, como cuidar delas e compreendem conceitos básicos de biologia e responsabilidade ao ajudar a montar um jardim. Além disso, essa atividade oferece uma oportunidade para passar mais tempo ao ar livre, longe das telas.

6. Planeje dias temáticos

Escolha um tema, como “Dia do Pirata” ou “Dia da Ciência”, e crie atividades, fantasias e histórias relacionadas ao tema. Essas experiências imersivas permitem que as crianças mergulhem em mundos de fantasia e aprendizado, tornando o dia mais emocionante.

7. Crie histórias

Leia livros interessantes e, em seguida, encene as histórias com as crianças. Essa atividade ajuda no desenvolvimento da leitura e nas habilidades de atuação e expressão verbal.

8. Estimule a prática de atividade física

Organize jogos de esportes no parque ou no quintal. Criar uma miniolimpíada com diferentes modalidades, como corrida, salto e arremesso, pode ser uma forma divertida de manter as crianças ativas e saudáveis.

9. Estabeleça limites

Por fim, Verônica Cartoce reforça a importância de estabelecer limites claros para driblar o uso excessivo do celular. “Defina horários específicos para o uso de dispositivos eletrônicos ou videogames, e explique a importância de balancear o tempo de tela com outras atividades”, conclui.

Por Bianca Lodi Rieg

Veja Também