Diário Logo

O Diário Logo

Veja os benefícios de praticar pilates durante o frio

No frio, é comum reduzir as atividades físicas e preferir o conforto das cobertas. No entanto, é essencial manter o corpo em movimento mesmo com as temperaturas mais baixas. A prática regular de pilates, por exemplo, ajuda a fortalecer os músculos, melhorar a flexibilidade e aumentar a circulação sanguínea. Esses aspectos são essenciais para combater […]

3 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

No frio, é comum reduzir as atividades físicas e preferir o conforto das cobertas. No entanto, é essencial manter o corpo em movimento mesmo com as temperaturas mais baixas. A prática regular de pilates, por exemplo, ajuda a fortalecer os músculos, melhorar a flexibilidade e aumentar a circulação sanguínea. Esses aspectos são essenciais para combater a rigidez e as dores articulares, que tendem a piorar no outono e no inverno.

Durante os dias de outono, quando começa a diminuição de temperatura, é comum que as dores, principalmente aquelas articulares, voltem com mais frequência. Com o pilates, conseguimos relaxar os músculos, diminuindo os desconfortos musculares, já que no frio a musculatura tende a ‘encurtar’ geralmente na região do pescoço e das costas”, explica a professora Josi Araújo, da Pure Pilates.

Para ter resultados mais efetivos do pilates, o recomendado é treinar mais de uma vez na semana. “O ideal é que pratiquem pelo menos duas vezes na semana. Os objetivos mudam quando pensamos na prática no período do outono, focamos mais na diminuição de dores e fazemos um trabalho mais efetivo no sistema respiratório”.

Vantagens do pilates no frio

Os benefícios do pilates são inúmeros em qualquer época do ano. Todavia, no frio, a prática é benéfica porque:

  • Auxilia na prevenção de gripes e resfriados;
  • O pilates relaxa a musculatura normalmente contraída nos dias frios;
  • Aquece o corpo: os exercícios de resistência muscular fazem parte das aulas de pilates;
  • Acelera o metabolismo: essa atividade ajuda a queimar calorias e é ótimo para emagrecer;
  • Fortalece e tonifica: o pilates trabalha toda a musculatura, tanto dos membros inferiores quanto superiores;
  • Proporciona condicionamento físico: ajuda nas atividades diárias;
  • Promove mais flexibilidade e equilíbrio;
  • Ensina a respirar melhor: ajuda na redução da ansiedade e do estresse;
  • Melhora a concentração;
  • Dá sensação de bem-estar;
  • Aumenta a autoestima.
Mulheres praticando pilates de chão em um estúdio.
A prática regular do pilates ajuda a melhorar a saúde respiratória (Imagem: Drazen Zigic | Shutterstock)

Benefícios do pilates para a saúde respiratória

Além dos benefícios físicos, o pilates também traz vantagens para o sistema imunológico e respiratório. “Os exercícios físicos previnem o excesso de peso e as doenças crônicas não transmissíveis. Entretanto, a resposta imunológica proveniente do exercício está relacionada a fatores como regularidade, intensidade, duração e tipo de esforço aplicado durante a prática da atividade física”, explica Josi Araújo. 

Segundo a professora, o pilates para doenças respiratórias traz inúmeras vantagens aos pacientes, pois apresenta compensações posturais que sobrecarregam os músculos inspiratórios. “Por meio da respiração, contribui para o reequilíbrio da função pulmonar, mobilidade tóraco-abdominal e aumento do volume pulmonar”, afirma. 

Prática recomendada para todos

Não existem limites para a prática do pilates! Ele é indicado para pessoas de todas as idades que buscam qualidade de vida. “Sua abordagem global permite um trabalho sinérgico entre músculos e mente. Conforme os exercícios vão mudando e a prática vai evoluindo, o aluno precisa lidar novamente com sua capacidade de concentração em torno do novo movimento, até que o executar se torne mais fácil e natural”, conclui Josi Araújo.

Por Lais Fiocchi

Veja Também