Diário Logo

O Diário Logo

Veja os sintomas da conjuntivite e como se proteger dela

A conjuntivite é uma inflamação ou infecção da conjuntiva, a fina membrana transparente que reveste a parte interna das pálpebras e a superfície do olho. Essa condição pode ser causada por diversos fatores, incluindo infecções virais ou bacterianas, alergias, irritações provocadas por substâncias químicas ou corpos estranhos e, até mesmo, por doenças autoimunes. Embora os […]

11 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

A conjuntivite é uma inflamação ou infecção da conjuntiva, a fina membrana transparente que reveste a parte interna das pálpebras e a superfície do olho. Essa condição pode ser causada por diversos fatores, incluindo infecções virais ou bacterianas, alergias, irritações provocadas por substâncias químicas ou corpos estranhos e, até mesmo, por doenças autoimunes.

Embora os casos da doença possam ocorrer ao longo do ano, recentemente o H.Olhos – Hospital de Olhos em São Paulo, integrante da Rede Vision One –, observou um aumento significativo no número de diagnósticos. “Dos 6.180 pacientes atendidos nas unidades da capital e do ABC Paulista durante o mês de abril, 844 estavam com conjuntivite. Foram 177 casos a mais que em março, um crescimento de cerca de 26%, sendo que em fevereiro a doença ocular foi diagnosticada em 647 pacientes”, afirma o Dr. Pedro Antonio Nogueira Filho, oftalmologista especialista em córneas, chefe do Pronto-Socorro do H.Olhos.

Sintomas da conjuntivite

Alguns dos sintomas da conjuntivite são olhos vermelhos que coçam muito, pálpebras inchadas, sensação de areia e lacrimejamento. A doença, quando é do tipo viral ou bacteriana, pode ser facilmente transmitida.

“A baixa umidade do ar, o frio e a aglomeração de pessoas em ambientes fechados são alguns dos fatores que contribuem para o avanço dos casos de conjuntivite nos meses de outono. Mas os surtos da doença podem ocorrer em qualquer período do ano e afetar pessoas de todas as idades; por isso, é importante se cuidar”, alerta o oftalmologista.

Mãos ensaboadas em um plano de fundo azul
Lavar as mãos ajuda a prevenir a conjuntivite (Imagem: KieferPix | Shutterstock)

Prevenindo a conjuntivite

Para ajudar a prevenir a conjuntivite, o Dr. Pedro Antonio Nogueira Filho recomenda:

  • Lavar sempre as mãos, principalmente antes de tocar os olhos;
  • Não coçar os olhos, pois há risco de machucar a região e agravar a inflamação;
  • Não compartilhar itens de uso pessoal, como toalhas, fronhas e maquiagem.

Cuidados importantes

Nos casos de conjuntivite viral e bacteriana, é necessário que o paciente se isole em casa para evitar a transmissão a outras pessoas. A doença pode levar até cinco dias para se manifestar e, dependendo da causa, os sintomas podem durar de uma semana a 20 dias, período em que há risco de contágio.
   ‍  
Sem os cuidados adequados, a conjuntivite pode se agravar e causar lesões, além de deixar os olhos mais suscetíveis a novas infecções. “Ao perceber qualquer sintoma da doença é muito importante consultar um oftalmologista para que ele identifique a causa e prescreva o tratamento correto”, reforça o médico.

Por Sig Eikmeier

Veja Também