Diário Logo

O Diário Logo

Festival Diversa celebra pluralidade neste fim de semana

Projeto dá voz à artistas e produtoras de Mogi das Cruzes, festival acontece nos dias 8 e 9 de junho no Galpão Arthur Neto

4 de junho de 2024

O é elenco composto apenas por mulheres, além da vasta maioria dos cargos de produção ocupados por mulheres | Divulgação

Reportagem de: O Diário

Neste fim de semana (8 e 9), o Galpão Arthur Netto de Cultura e Cidadania será palco de uma grande celebração da arte produzida por mulheres mogianas. O espaço receberá a partir das 13 horas a quarta edição do Festival Diversa. Contemplado pela Lei Paulo Gustavo, o  Festival Diversa de Mogi das Cruzes foi destaque em  matéria publicada pelo Ministério da Cultura por celebrar a riqueza e diversidade da produção artística das mulheres brasileiras em suas mais diferentes linguagens.

A ideia de reunir diferentes mulheres em um único evento  surgiu do encontro das artistas e produtoras  Marian Koshiba e Valéria Custódio  via online, em eventos culturais durante a pandemia. Ambas  sentiam a necessidade de abertura de espaços, de fomento e valorização à arte produzida pelas mulheres brasileiras. Perceberam, também, a necessidade de que a liderança de eventos culturais seja mais encabeçada por mulheres, além de realizada nos backstages por equipes de mulheres trabalhadoras da cultura.

Por outro lado, como o próprio nome do Festival aponta,  ele representa a mulher em sua diversidade, então a pluralidade racial e a representatividade LGBTIQA+ foram levadas em conta na escolha de equipe e line up do evento.

 A primeira edição do Festival em  2021, foi  produzida de forma independente, seguido por outras duas edições, fomentadas pelo PROFAC de Mogi das Cruzes e pelo PROAC do Estado de São Paulo, todas em formato de exibição exclusivamente online. Agora, com a aprovação na LPG – Lei Paulo Gustavo de Mogi das Cruzes, o Festival dá mais um importante passo, sendo realizado ao vivo com público no Galpão Arthur Netto de Cultura e Cidadania, com elenco composto apenas por mulheres, além da vasta maioria dos cargos de produção ocupados por mulheres. Soma-se , até o momento, cerca de 23 mulheres em sua organização, fortalecendo o cenário artístico feminino da cidade de Mogi das Cruzes.

Dentre as atrações já confirmadas estão : na literatura, as escritoras Carla Pozo e Liana Nakamura; na fotografia, exposição de Natália Castro; no circo, apresentação da Cia Mina de Risos e na música as  apresentações de Valéria Custódio, Dâmi Guita, Flávia Caruso e Sandra Vianna, Aline Chiaradia e Juliana Rodrigues. A escolha das artistas para o festival foi feita por meio de inscrição via formulário Google Forms e teve como diretrizes ter residência em Mogi das Cruzes, trabalho autoral lançado ou em fase de lançamento.

A novidade desta edição fica por conta da participação da Ciranda, uma feira popular de mulheres criadoras com comidas, artesanatos e artes visuais. O festival tem ainda cunho filantrópico  com a arrecadação de roupas, sapatos e alimentos não perecíveis que serão doados paira o Projeto Missão Intensidade , da rede Gerando Falcões em Mogi das Cruzes. Diversa tem a Produção Executiva de Valéria Custódio e  Produção Artística de  Marian Koshiba como Assistentes de Produção Isabela Prado e Jéssica Vianna. A Produção Técnica é de Emerson Leles.

Serviço

Festival Diversa 

Quando : dias 8 e 9 de junho 

Horário: a partir das 13 horas

Onde : Galpão Arthur Netto 

R. Rui Barbosa, 248 – Centro de Mogi das Cruzes 

Veja Também