Diário Logo

O Diário Logo

Grupo Parlapatões apresenta espetáculo “Os Mequetrefe” neste fim de semana, em Mogi

Apresentação será realizada no Theatro Vasques e terá entrada gratuíta

2 de maio de 2024

Espetáculo conta a história de quatro palhaços | Luiz Doroneto/Divulgação

Reportagem de: O Diário

O espetáculo “Os Mequetrefe” será apresentado em Mogi das Cruzes neste fim de semana, nos dias 4 e 5, pelo grupo Os Parlapatões no Theatro Vasques.

Em Os Mequetrefe, quatro palhaços que, não por acaso, se chamam Dias, vivem a jornada de um longo e divertido dia. Do despertar à hora de ir dormir, revelam como a desconstrução da lógica cotidiana pode abrir espaço para outras maneiras de encarar a vida. Vivendo situações bem comuns, esses cidadãos nada comuns provocam uma série de confusões tão hilárias quanto poéticas.

Da maneira como acordam, passando pelo jeito como se vestem para ir trabalhar, eles encaram essa aventura através do dia de maneira cômica. Depois de acordar, os Dias pegam o ônibus, que irá se transformar em tudo que pode levar gente, seja navio ou trem, para simplesmente irem ao trabalho, e assim manipulam objetos de cena de maneira lúdica, sempre carregados de um humor provocativo.

Seja no trabalho, onde todos seus colegas são seres absolutamente estranhos, ou seja no final do dia, quando a televisão despeja imagens violentas sobre todos, esses palhaços retiram de suas hipérboles sua comicidade e sua poesia.

A inspiração de Os Mequeterefe foi a obra do inglês Edward Lear, ilustrador e poeta inglês, que criou o termo nonsense. Os Parlapatões convidaram o Alvaro Assad, da carioca Cia. Etc e Tal e que dirigiu A Noite dos Palhaços Mudos (Cia. La Mínima), para dirigir o roteiro elaborado por Hugo Possolo, visando promover um intercâmbio artístico entre dois grupos que trabalham o cômico em vertentes diferentes, a mímica e a palhaçaria.

O espetáculo foi concebido através do Prêmio Zé Renato ao Teatro da cidade de São Paulo. Avaliado como Ótimo pela revista VejaSP (3 estrelas) e Muito Bom pela Folha de S. Paulo (2 estrelas). Indicado ao Prêmio Pananco nas categorias Cenário e Figurino em 2015.

Ficha Técnica

  • Roteiro: Hugo Possolo
  • Direção: Alvaro Assad
  • Elenco: Alexandre Bamba, Fabek Capreri, Fernando Fecchio, Hugo Possolo, Raul Barretto, Rodrigo Bella Dona e Tadeu Pinheiro
  • *(Na peça são sempre quatro palhaços. Aqui os artistas do grupo se revezam a cada apresentação, atuando em diferentes papéis, sempre formando o quarteto)*
  • Assistente de Direção: Joana Penido Magalhães
  • Cenografia e Figurinos: Hugo Possolo
  • Trilha sonora: Raul Teixeira
  • Adereços: Ateliê Palhassada e Agentemesmo Queimando o Dedo na Cola Quente
  • Desenhos: Hugo Possolo
  • Fotos: Luiz Doroneto
  • Designer gráfico: Werner Schultz
  • Redes Sociais: Camila Turim
  • Coordenação de Produção: Cristiani Zonzini
  • Produção Executiva: Giovanna Ueda

Duração
60 minutos

Classificação indicativa
Livre para todas as idades

Serviço
04/05 e 05/05 (sábado e domingo), às 15h

Theatro Vasques
Rua Dr. Corrêa, 515 – Largo do Carmo – Centro, Mogi das Cruzes

Ingressos gratuitos

“As apresentações são realizadas com recursos do Edital ProAC 07/2023 – Programa de Ação Cultural, da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, do Governo do Estado de São Paulo.”

Veja Também