Diário Logo

O Diário Logo

Complexo do Carmo recebe obras, enquanto festa da padroeira se aproxima

“O complexo religioso, artístico e cultural do Carmo marca a história de Mogi e Região” a afirmação é do atual pároco, Pe. Frei Jerry de Sousa Fonseca, O. Carm, que desde que voltou à cidade, em março deste ano, tem como desafio reabrir as igrejas da Ordem Primeira e Ordem Terceira do Carmo (leigos) tanto […]

29 de junho de 2023

Reportagem de: O Diário

“O complexo religioso, artístico e cultural do Carmo marca a história de Mogi e Região” a afirmação é do atual pároco, Pe. Frei Jerry de Sousa Fonseca, O. Carm, que desde que voltou à cidade, em março deste ano, tem como desafio reabrir as igrejas da Ordem Primeira e Ordem Terceira do Carmo (leigos) tanto para as celebrações e práticas religiosas, quanto para o público visitante.

Ele explica que o complexo andou fechado desde a época da pandemia e que teve um pedido especial do bispo diocesano Dom Pedro Luiz Stringhini para que fosse reaberto, considerando seu valor histórico, religioso e cultural para a cidade de Mogi das Cruzes e região.

Assim sendo, a Igreja da Ordem Primeira foi aos poucos recebendo de volta as programações litúrgicas, o que a mantém aberta diariamente nos horários de missa (19h) e a Igreja da Ordem Terceira, que já tinha uma programação litúrgica semanal, seguiu com seu trabalho pastoral organizado pelos leigos e leigas da Ordem Terceira do Carmo.

São visíveis as recentes obras de manutenção do complexo arquitetônico, em torno do qual foi povoada Mogi das Cruzes, no velho largo do Carmo. Frei Jerry chama atenção para o esforço coletivo que vem sendo feito no sentido de alinhamento de todas as camadas do poder público, em suas estâncias municipal, estadual e federal para que o complexo tombado como Patrimônio Histórico Nacional receba as devidas obras de restauro e proteção. Ele explica que as atuais obras de manutenção, inclusive, são autorizadas e orientadas por este grupo administrativo.

Celebrar com Festa

A festa da padroeira Nossa Senhora do Carmo, que é celebrada no dia 16 de julho, acontecerá entre os dias 7 e 16 do próximo mês. E para ela, muito mais do que obras exteriores, há o compromisso dos freis carmelitas em refletir e trabalhar as mensagens do Carmelo. Mesmo com pouco tempo de preparação esse ano, tendo em vista sua posse em março/2023, frei Jerry explica que se preocupou acompanhado de sua equipe, festeiros e comunidade em traduzir o fim último do Carmelo. Assim, o tema escolhido O Carmelo é todo de Maria, está diretamente ligado ao lema: Filho, eis aí tua mãe.

Toda esta espiritualidade carmelitana será trabalhada por outros freis convidados, em celebrações que acontecerão sempre às 19h, na igreja da Ordem Primeira, justamente para valorizar esta reabertura do complexo do Carmo ao público. No dia 16 de julho, haverá uma programação especial, com procissão (17h) por algumas ruas no entorno do Largo do Carmo, no Centro de Mogi, seguida de missa.

Acompanhe a seguir a programação:

Festa de Nossa Senhora do Carmo

Novena De 07 a 15 de Julho de 2023

Sempre às 19h | Local: Igreja da Ordem Primeira do Carmo

Tema: O Carmelo é todo de Maria

Dia 16 de julho: Procissão seguida de Missa, a partir de 17h, no Largo do Carmo

Quermesse e Obras Sociais

A Ordem Carmelita sempre esteve envolvida com trabalhos sociais, um de seus carismas. Com a ajuda e o entendimento de muitos frequentadores, a comunidade Mogi consegue levar subsídios alimentares para famílias cadastradas, cerca de 200, e atender também as pessoas, em situação de vulnerabilidade social e de rua, com alimentação semanal, preparada e distribuída por uma equipe de paroquianos.

A assistência junto às pessoas em situação de drogadição e alcoolismo também é dada através da obra casa de Santo Elias e Santa Terezinha, onde está instalada uma comunidade terapêutica, no distrito de Taiaçupeba. Para estas obras e outras, a Quermesse da festa de Nossa Senhora do Carmo é uma maneira de confraternizar e somar recursos que deem suporte a estas ações sociais. Ela vai acontecer todos os dias de 7 a 16 de julho, no estacionamento e jardins do complexo do Carmo, sempre após as celebrações das 19h.

Veja Também