Diário Logo

O Diário Logo

Copa Mogi de Futebol Amador 2023 será lançada nesta segunda-feira (10)

Será oficialmente lançada nesta segunda-feira (10) a Copa Mogi Alabarce de Futebol  Amador 2023, que pretende levar a paixão mogiana para diversos bairros da cidade. Na data, haverá o sorteio das chaves, definindo os confrontos das 32 equipes participantes. Acontecerá também a apresentação dos uniformes dos times, que exibirão os patrocínios do torneio. Os jogos […]

9 de julho de 2023

Reportagem de: O Diário

Será oficialmente lançada nesta segunda-feira (10) a Copa Mogi Alabarce de Futebol  Amador 2023, que pretende levar a paixão mogiana para diversos bairros da cidade. Na data, haverá o sorteio das chaves, definindo os confrontos das 32 equipes participantes. Acontecerá também a apresentação dos uniformes dos times, que exibirão os patrocínios do torneio. Os jogos começam no dia 16 de julho, com a final prevista para 3 de setembro – na esteira das comemorações do aniversário de Mogi.

O evento é realizado pela Liga Municipal de Futebol de Mogi das Cruzes, com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. A competição trará a “maior premiação da história do futebol amador do Alto Tietê”. 

A equipe vencedora receberá um prêmio de R$ 40 mil, enquanto o segundo colocado será premiado com R$ 12 mil. O terceiro lugar receberá R$ 5 mil e o quarto colocado, R$ 3 mil.

 A ideia da organização da Copa é manter a estética do ano passado, porém com uma estrutura fortalecida e maior investimento. O evento fez sucesso na edição anterior e agora, em 2023, o objetivo é atrair um público ainda maior para estádios de Mogi.

A abertura da Copa Mogi acontece nesta segunda-feira (10), às 19h30, no Centro Municipal de Formação Pedagógica (CEMFORPE), na rua Antenor Leite da Cunha, na Nova Mogilar. Entre os presentes estará o prefeito Caio Cunha (PODE)

Nesta edição, o formato “Copa do Mundo” será mantido. Na fase inicial, as equipes irão se enfrentar dentro de seus respectivos grupos, e as duas melhores de cada chave se classificarão para as oitavas de final, quando terão início os confrontos eliminatórios.

Com o intuito de tornar o evento mais profissional, foram buscados novos patrocinadores, sendo o supermercado Alabarce o principal deles.
O primeiro jogo deverá ser no dia 16 de julho, um domingo. A segunda e terceira rodadas deverão acontecer nos domingos seguintes.
A partir daí, o evento entra nas oitavas de finais com jogos aos sábados e domingos seguintes.

A semifinal está prevista para o dia 27 de agosto e a final para 3 de setembro, no final de semana após o aniversário de 463 anos de Mogi das Cruzes, no dia 1°.

É importante lembrar que a programação está sujeita a alterações. 

A primeira fase do torneio será disputada nos Centros Esportivos de Sabaúna, Braz Cubas e Biritiba Ussu, e por fim, no campo do São Francisco (ao lado do Parque Leon Feffer). Já as rodadas eliminatórias, a partir das oitavas de final, serão realizadas no Estádio Municipal Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, o Nogueirão.

O evento está mais sério. Conforme informado às equipes durante congressotécnico, briga entre torcidas resulta em multa de um salário-mínimo, além de julgamento pelo CJD – Comissão Julgadora Disciplinar, com a possibilidade de perda de pontos da partida.

A briga generalizada entre jogadores pode render multa de até cinco salários-mínimos. Ou seja, as equipes precisam trabalhar a conscientização das torcidas, pelo bem de todos que vão aos jogos. Entre outras diretrizes propostas para incentivar o ambiente familiar.
Na edição de lançamento, no ano passado, que serviu como um laboratório para verificar a aceitação do público para esse tipo de competição, participaram 32 equipes, totalizando 64 partidas e 172 gols marcados. A média de gols por partida foi de 2,68.

As rodadas ocorreram com até 16 jogos simultâneos e descentralizados, nos centros esportivos de Braz Cubas, Jundiapeba e Sabaúna, no campo de futebol da Vila Ressaca e também no “Nogueirão”.

Uma das equipes que retorna com força neste ano para a Copa Mogi é a Império FC, atual campeã.

O presidente do clube, Jânio Pereira Silva comenta que a expectativa entre o elenco é positiva. “Somos os atuais campeões e a meta é vir forte. Os meninos estão ansioso”, conta o presidente.  

“Uma copa dessa aqui na cidade faz a diferença para nós. É um presente”, comenta ele. 

Silva conta que trabalha com a equipe há quase 12 anos, mas que até então via um grande deficit no futebol amador em Mogi, com poucas oportunidades “para a garotada”. 

Na edição do ano passada, a equipe se sagrou campeã. Para a edição desse ano viu uma evolução na estrutura.

“Melhorou 99% pelo que eu estou vendo. Até o esquema para escrever os jogadores por aplicativo. O prêmio também aumentou. É um sonho”, conta. 

A Império é um time da Vila Cintra, que existe há mais de 10 anos, porém se registrou com a Liga de Futebol em meados de 2016. 
A equipe está se preparando e quer crescer.  

“Estamos com 23 jogadores até agora inscritos. Dessa vez tivemos mais tempo para se planejar”, comenta. “Treinamos duas vezes por semana em quadra. Campo ainda não temos. Mas estamos aí”. 

Para a equipe, receber novamente a premiação seria um divisor de águas. O time pretende seguir investindo em jovens talentos. 

Veja Também