Diário Logo

Notizia Logo

EDP investe R$ 23 milhões em ampliação e modernização de subestação em Salesópolis

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, iniciou as obras de ampliação e modernização da subestação de energia de Salesópolis. Com investimento na ordem de R$ 23 milhões, as obras beneficiarão diretamente mais de 30 mil pessoas no município e região. A ampliação e a modernização da subestação trarão ganhos significativos para a […]

27 de julho de 2023

Reportagem de: O Diário

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, iniciou as obras de ampliação e modernização da subestação de energia de Salesópolis. Com investimento na ordem de R$ 23 milhões, as obras beneficiarão diretamente mais de 30 mil pessoas no município e região.

A ampliação e a modernização da subestação trarão ganhos significativos para a infraestrutura energética local, permitindo fazer frente ao desenvolvimento econômico do Alto Tietê nos próximos anos e ampliando a qualidade e a segurança do fornecimento de energia aos clientes já existentes. A subestação contará com a instalação de um transformador de 9,4 MVA de potência e 3 alimentadores. A conclusão das obras e o início da operação com o reforço energético estão previstos para o último trimestre deste ano.

Além de ampliar a capacidade e a qualidade do fornecimento de energia elétrica para Salesópolis e região, a subestação segue em linha com a política de sustentabilidade da EDP. O novo transformador a ser instalado utiliza óleo vegetal isolante em vez de óleo derivado de petróleo, o que reduz impactos ao meio ambiente. As melhorias estruturais na subestação também incluem um sistema de reaproveitamento da água da chuva, contribuindo para a preservação desse recurso natural.

A operação da subestação é 100% digitalizada, com supervisão, comando, controle e proteção realizados de forma remota, diretamente do Centro de Operações Integrado (COI) da companhia.

“A EDP busca, de forma contínua, contribuir para o desenvolvimento econômico das cidades em sua área de concessão por meio de investimentos na infraestrutura energética. As obras da subestação de Salesópolis garantem as condições técnicas e de segurança para atender nossos clientes com excelência, além de sustentar a crescente demanda de energia na região, sem esquecer do nosso compromisso com a sustentabilidade”, afirma Cristiane Fernandes, diretora da EDP em São Paulo.

 

Os investimentos também envolvem a instalação de 25 km de rede na média tensão para conexão da subestação à rede de distribuição local. A tecnologia desse cabeamento garante maior proteção e resistência a agentes externos como vegetação, principal fator de interferência no sistema elétrico local. Para a sustentação da rede serão instalados mais de 600 postes ao longo de todo o trecho. Além disso, um conjunto de 6 equipamentos de proteção e de manobras de carga de forma automatizada será implantado para limitar o impacto de possíveis ocorrências. O reforço na rede conta ainda com a substituição de equipamentos comuns por outros mais robustos e a modernização de cerca de 10 km de rede dentro do munícipio de Salesópolis.

A modernização e a ampliação da subestação Salesópolis fazem parte do planejamento estratégico da EDP, em linha com o desenvolvimento e crescimento das 28 cidades da área de concessão no Estado de São Paulo, para garantir melhorias operacionais e elevar a qualidade do serviço e digitalização da rede. O sistema de distribuição da EDP em São Paulo é composto, atualmente, por 81 subestações de energia que abastecem mais de 2 milhões de clientes.

Sobre a EDP Brasil

Presente há mais de 25 anos no país, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 12 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração (com foco em energia solar por meio de geração distribuída), Transmissão, e Comercialização de energia no mercado livre. Em Distribuição, atende cerca de 3,8 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Em 2022, foi eleita pelo terceiro ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, ocupando, em 2021 e 2022, o primeiro lugar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, no qual figura há 17 anos.

Veja Também