Diário Logo

O Diário Logo

Itaquá lança bilhete que garante integração em viagens que durem até 2 horas

Em operação desde o início desta primeira semana de maio, o novo bilhete de integração do transporte coletivo de Itaquaquecetuba, o Viaja Fácil. Segundo a Prefeitura da cidade, pelo período de duas horas, os usuários do transporte municipal vão poder embarcar em até dois ônibus pagando apenas o valor de uma tarifa.  A integração sem […]

2 de maio de 2023

Reportagem de: O Diário

Em operação desde o início desta primeira semana de maio, o novo bilhete de integração do transporte coletivo de Itaquaquecetuba, o Viaja Fácil. Segundo a Prefeitura da cidade, pelo período de duas horas, os usuários do transporte municipal vão poder embarcar em até dois ônibus pagando apenas o valor de uma tarifa. 

A integração sem a segunda cobrança é válida desde que não ocorra o embarque na mesma linha do primeiro e o diferencial é que agora passa a ser feita na catraca, não mais nos Pontos de Integração Virtual (PIVs) que hoje existem em apenas cinco paradas de ônibus. Os PIVs serão desativados.

“Até então, se o usuário precisasse de duas linhas para chegar ao destino final, teria que pagar duas tarifas ou descer em pontos específicos no Centro, Nova Itaquá e Caiuby para fazer a integração. Agora ele ganha duas horas para usar o transporte pagando apenas o valor de uma tarifa e fazendo a integração na catraca”, explicou o secretário de Transportes, Rosinaldo Castro.

Há outros benefícios no bilhete como por exemplo usá-lo para ir e voltar desde que não seja pela mesma linha de ônibus, além da economia de tempo ao evitar aguardar que o motorista faça a cobrança em dinheiro durante o embarque.

O usuário tem a opção de embarcar em qualquer ônibus, mesmo que ele não vá para o seu destino final, e descer em um ponto no meio do caminho com mais opções de linhas para chegar ao local desejado mais rápido.

“Lutamos para que o transporte tenha cada vez mais qualidade, seja mais respeitoso e eficiente para todas as pessoas. Por isso estou muito feliz em lançar essa novidade que vai beneficiar não só os trabalhadores como as famílias do nosso município, permitindo economia e mais mobilidade”, acrescentou o prefeito Eduardo Boigues.

São cinco categorias do bilhete: avulso, idoso, pessoa com deficiência, estudante e vale-transporte, válidas apenas para uso municipal, ou seja, não integra com a EMTU e a CPTM. Qualquer pessoa de qualquer idade pode fazer a aquisição.

Como adquirir

Basta ir ao Itaquá Passes (rua da Liberdade, 17 – Centro) com RG e comprovante de residência que o bilhete sai na hora. A unidade funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h, e a estimativa é de que outros pontos sejam abertos em breve para ampliar a adesão.

Pessoas com deficiência devem passar antes no setor de Isenção Tarifária (rua Dom Thomaz Frey, 89 – Centro) e para fazer o cartão de idoso é necessário ter 65 anos ou mais. Se for menor de idade, precisa estar acompanhado por um responsável.

Para o bilhete de estudante é necessário apresentar o comprovante emitido pela instituição de ensino e, para o vale-transporte, a solicitação da empresa. Quem já possui o bilhete anterior não precisa fazer a troca pois ele já está valendo com as novas funcionalidades.

Recarga

A recarga pode ser feita tanto no Itaquá Passes como pela carteira digital RecargaPay, disponível para Android e iOS. É possível pagar no cartão de crédito ou débito e não tem recarga mínima.

Dúvidas podem ser sanadas pela ouvidoria da Expresso Planalto, concessionária responsável pelo transporte público municipal, pelo 11 94109-8356 (telefone e WhatsApp) ou pelo e-mail [email protected]. Em caso de perda, furto ou roubo, o usuário deve entrar em contato pelos mesmos canais. 

App Cittamobi

A Secretaria de Transportes também quer incentivar o uso do Cittamobi, aplicativo que mostra o horário dos veículos em tempo real, previsões de chegada ao ponto de embarque do usuário e as melhores rotas.

“Nossa ideia é que ao invés de ir para o ponto ficar esperando o ônibus lá, o usuário baixe o aplicativo e monitore o horário por ele, saindo de casa apenas no tempo necessário de locomoção até o ponto”, finalizou o secretário.
 

 

Veja Também