Diário Logo

O Diário Logo

Mãe de padre Lauro será sepultada neste domingo, às 9h, em Salesópolis

O corpo de dona Margarida de Souza Conceição, mãe do padre Lauro Donizeti Conceição, foi levado para Salesópolis, onde será velado, a partir das 13h30 deste sábado (15), no Velório Municipal daquela cidade. O sepultamento está previsto para este domingo (16), pela manhã, às 9 horas, no Cemitério de Salesópolis, segundo informou a Diocese de […]

15 de julho de 2023

Reportagem de: O Diário

O corpo de dona Margarida de Souza Conceição, mãe do padre Lauro Donizeti Conceição, foi levado para Salesópolis, onde será velado, a partir das 13h30 deste sábado (15), no Velório Municipal daquela cidade. O sepultamento está previsto para este domingo (16), pela manhã, às 9 horas, no Cemitério de Salesópolis, segundo informou a Diocese de Mogi das Cruzes, cujo bispo, dom Pedro Luiz Stringhini, designou o padre João Paulo da Silva para acompanhar os desdobramentos do acidente ocorrido no início da noite de sexta-feira (14), na rodovia Mogi-Salesópolis. 

Margarida Conceição faleceu quando o veículo em que ela viajava, ao lado do filho religioso e de uma filha, colidiu com outro carro no trecho localizado entre Mogi das Cruzes e Biritiba Mirim.

Com a violência do impacto, Margarida ficou gravemente ferida e veio a falecer a caminho do Hospital Luzia de Pinho Melo. Seu filho, o padre Lauro Donizeti, 49 anos, ficou preso entre as ferragens e teve de ser socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e Samu para o mesmo hospital, com politraumatismo nas pernas. 

A irmã do padre, Eliete Conceição, após passar a noite no hospital, recebeu alta na manhã deste sábado e está cuidando dos trâmites relativos ao velório e sepultamento de dona Margarida.

No final da manhã deste sábado, o padre Lauro foi levado ao centro cirúrgico do Luzia para ser submetido a uma operação nas pernas, segundo informou o padre João Paulo que está no hospital aguardando o resultado do trabalho dos médicos.

Padre Lauro Donizeti, de 39 anos, estava morando na Itália há dois anos, onde foi fazer o mestrado em Teologia Espiritual, em Roma. Além de estudar, o padre presta serviços à Diocese de Avezzano, a 40 km de Roma.

Ele se encontrava passando férias no Brasil e aproveitava para visitar a sua família que, a exemplo dele, sempre residiu em Salesópolis, no extremo Leste da Grande São Paulo.

Após haver sido ordenado padre, em 2014, pelo bispo dom Pedro Luiz Stringhini, Lauro atuou como vigário paroquial da Catedral de Santana, foi pároco em Biritiba Ussu, e diretor espiritual do Seminário Diocesano Sagrado Coração de Jesus, em Mogi. Foi também vigário paroquial  da Paróquia de Santa Rita de Cássia, na Vila Gaivota, em Suzano.

Segundo informações ainda não confirmadas, o religioso, mãe e irmã haviam participado de um evento social na casa de amigos mogianos e estavam voltando para casa, em Salesópolis, quando o carro em que viajavam foi atingindo por outro veículo, nas proximidades de Biritiba Mirim.

O acidente com o religioso e a morte de dona Margarida estão repercutindo muito em toda a região, especialmente em Salesópolis, onde a população se mostra consternada com o fato, já que a família era muito conhecida e querida por todos. Junto à comunidade católica da área abrangida pela Diocese de Mogi, também há muita tristeza pelo que aconteceu ao padre e sua família.

Veja Também