Diário Logo

O Diário Logo

Mogi prepara licitação para aquisição de 300 câmeras de monitoramento

Uma licitação está sendo preparada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para a instalação do “novo conjunto de câmeras de monitoramento na cidade”. Serão 300 novos equipamentos, segundo nota oficial encaminhada a O Diário. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio), Valterli Martinez, que concedeu entrevista a […]

27 de setembro de 2022

Reportagem de: O Diário

Uma licitação está sendo preparada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para a instalação do “novo conjunto de câmeras de monitoramento na cidade”. Serão 300 novos equipamentos, segundo nota oficial encaminhada a O Diário.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio), Valterli Martinez, que concedeu entrevista a este jornal para falar sobre a sensação de insegurança provocada por furtos no Centro de Mogi, este sistema estaria sendo pensado nos mesmos moldes do Centro de Segurança Integrada (CSI) de Guararema, que se prova eficiente, tendo sido, em 2018, tema de uma reportagem da Folha de S. Paulo, já que a “muralha eletrônica” levou a 31 meses sem assassinatos. 

Em nota enviada a este jornal, a Prefeitura de Mogi confirma esta intenção. “A Secretaria Municipal de Segurança, nesta gestão, pretende implantar um sistema digital inteligente. Este sistema prevê a implantação de câmeras inteligentes, incluindo cruzamento de dados e inteligência artificial”.

No entanto, não foram fornecidos prazos e mais informações sobre este tema. Ao invés disso, “a Secretaria Municipal de Segurança informa que a Prefeitura de Mogi das Cruzes vem trabalhando para a modernização do sistema de monitoramento do município”.

Para reforçar a afirmação, a Pasta cita a entrega da Central de Monitoramento de Mobilidade Urbana e Segurança, no início deste mês. “A estrutura trabalhará em apoio à segurança pública, por meio das câmeras e da tecnologia de leitura de placas (LAP) dos equipamentos de fiscalização eletrônica, que está conectada ao sistema Detecta”. 

Outro ponto destacado pela nota é o projeto-piloto de parceria com o Clube de Campo de Mogi das Cruzes para a integração de câmeras de monitoramento privadas com o sistema municipal.

“Duas câmeras de monitoramento, semelhantes às utilizadas pela Prefeitura, serão adquiridas pela entidade esportiva e instaladas em diferentes locais das proximidades do clube. Uma delas, será capaz de monitorar a praça Francisca de Campos Mello Freire e a rua Galdino Alves. Já a outra, será implantada na rua Duarte de Freitas e também poderá monitorar o trecho inicial da rua Doutor Ricardo Vilela”.

Vale lembrar que, além dos furtos no Centro de Mogi, um furto recente no Parque Centenário também aqueceu a discussão sobre a necessidade de mais monitoramento. Na época, em junho, uma mogiana encontrou o carro invadido no estacionamento do local, e um guarda a disse que a câmera estava quebrada, e por isso não havia registrado a ação.

O caso ganhou repercussão após reportagem publicada por O Diário e mais tarde a Prefeitura informou que não há câmeras no Parque Centenário, o que mobilizou a Câmara Municipal a pedir urgência na instalação de câmeras de monitoramento no espaço de lazer.

 

Veja Também