Diário Logo

O Diário Logo

O Diário amplia a cobertura das eleições com matérias e séries especiais

Faltam exatamente 37 dias para as eleições de 2 de outubro, data em que os brasileiros têm um compromisso importante com a democracia. No Alto Tietê, mais de 150 mil eleitores vão às urnas para escolher presidente, governador e senador, além dos deputados federal e estadual que se lançaram no Estado para representar a região. […]

26 de agosto de 2022

Reportagem de: O Diário

Faltam exatamente 37 dias para as eleições de 2 de outubro, data em que os brasileiros têm um compromisso importante com a democracia. No Alto Tietê, mais de 150 mil eleitores vão às urnas para escolher presidente, governador e senador, além dos deputados federal e estadual que se lançaram no Estado para representar a região. Em Mogi das Cruzes são cerca de 150 mil eleitores.  

Todos terão a responsabilidade de eleger os candidatos que vão governar o país nos próximos quatro anos. São eles que irão criar e votar leis, fiscalizar, administrar o país e os estados e exercer diversas outras tarefas de acordo com as ideias e convicções que possuem. Por isso, cientistas políticos e especialistas orientam o eleitor sobre a importância de chegar no dia com a decisão tomada para fazer a escolha certa, até porque esses políticos podem influenciar a sua vida, decidir o que é melhor para você e para o país, nos próximos quatro anos.  
Ainda há tempo para que os eleitores se informem sobre tudo o que envolve o sistema eleitoral, conheçam as regras, ajudem na fiscalização, e pesquisem os nomes que se lançaram, avaliem as suas propostas de governo para escolher também quais os melhores para a região.
O Diário ajudará nesse processo, com trabalho de prestação de serviços em nome da cidadania, informações sobre tudo o que o eleitor precisa saber, de forma simplificada e linguagem fácil. 

A partir desta semana, o site do jornal passará a publicar uma série de vídeos explicativos sobre diversos temas, elaborados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo. A iniciativa faz parte do programa para o enfrentamento à desinformação nas Eleições 2022.
O objetivo do jornal é ampliar a divulgação de campanhas educativas como a “Simplificando as Eleições”, a fim de esclarecer os eleitores sobre todo o processo eleitoral, voto em trânsito, apuração, enfrentamento à desinformação, segurança do voto e auditoria das urnas. Também mostra o caminho para que o eleitor possa pesquisar o perfil e saber dos planos dos candidatos, qual o valor investido nas campanhas, se informar sobre o que pode ou não pode na propaganda política, entre outros. 

Além disso, o Tribunal também lançou a campanha Dez Mandamentos, com publicações de listas com tópicos sobre como “votar bem”, os “dez mandamentos contra a desinformação” e as “dez verdades sobre a urna eletrônica” 

Especialista em eleições, o advogado Luiz David Costa Faria considera esse trabalho do TRE necessário para dar maior transparência ao processo eleitoral e manter os eleitores atualizados. Além disto, para conversar com os mais diversos perfis, ele observa que a Justiça Eleitoral também passou a divulgar cartilhas, firmar parcerias e contar com canais de aplicativos diversos, estando presente hoje em todas as redes para melhorar essa comunicação e combater fake news.

 “Em uma época em que somos, a todo momento, atingidos por um enorme volume de informações, vindo nem sempre de fontes conhecidas, muitas vezes estamos sujeitos a, sem mesmo perceber, passar a compartilhar desinformação com pessoas de nosso relacionamento”, alerta. 

Dentro deste contexto, na avaliação dele, o esforço cada vez maior do Tribunal “em promover a educação política e a transparência de sua atuação é muito importante, pois possibilita à população obter informações confiáveis, diretamente de quem é responsável por todo o processo eleitoral brasileiro”, avalia.

O especialista acrescenta ainda que esse trabalho faz parte do “Programa de Combate à Desinformação”, que se tornou permanente em 2021, e conta com a parceria de várias entidades representativas, partidos políticos e agências de checagem de informação. “Assim, além de produzir um processo eleitoral reconhecido como exemplo mundial, a Justiça Eleitoral busca cada vez mais estar em sintonia com o cidadão brasileiro”, observa.

Pesquisa

Uma das ferramentas considerada grande aliada do eleitor é o site DivulgaCandContas. Por meio dele, é possível obter informações diversas sobre seus candidatos, gastos financeiros, composição da coligação, nome usado na urna, grau de instrução, ocupação, proposta de governo, descrição e valores dos bens que possui, além de eventuais registros criminais, entre outras.  Também traz a situação do pedido de registro e de eleições anteriores das quais a candidata ou o candidato tenha participado. O acesso é pelo divulgacandcontas.tse.jus.br.
 
Denúncias

Para ajudar na fiscalização, o TSE também disponibiliza o aplicativo Pardal na App Store e Google Play, que pode ser baixado de graça. 
A ferramenta permite o envio de fotos, vídeos e áudios para embasar sua denúncia de propaganda eleitoral irregular ou atemporal. O material é analisado pelo Ministério Público Eleitoral, tudo feito de maneira segura e confidencial.

Também dá para denunciar compra de votos, abuso de poder econômico e político, uso da máquina pública para fins eleitorais e utilização indevida dos meios de comunicação social. 

Todos esses assuntos serão abordados na série de vídeos que O Diário publicará a partir deste sábado. Acompanhe pelo site

Cabe destacar ainda que a campanha eleitoral de 2022 foi liberada e os candidatos, partidos, coligações e federações têm autorização para divulgar suas candidaturas na internet, na rua, em casas, veículos e na imprensa escrita, entre outras ações. 
A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começou nesta sexta-feira (26)

10 mandamentos para votar bem

1 – Vote segundo a sua vontade. Evite influências de outras pessoas ou de pesquisas
2 – Vote conhecendo o programa do candidato ou candidata. Confira a proposta de governo no DivulgaCand – Divulgação de candidaturas e contas eleitoras do TSE
3 – Vote conhecendo o passado do candidato ou candidata. Pesquise e descubra que é essa pessoa e quais as são duas ideias 
4 – Vote de forma consciente, analise bem e deixe as emoções fora
5 – Vote conhecendo o caráter do candidato. Observe o comportamento dessa pessoa e perceba se o que ela diz está de acordo com o que ela faz
6 – Vote em propostas que você acredita. Nunca troque o seu voto por vantagens ou favores
7 –  vote em quem você confia. As decisões dele ou dela vão influenciar a sua por, no mínimo, quatro anos
8 – Vote e fiscalize o seu candidato ou candidata depois da eleição. Verifique se o que foi prometido está esendo0 cumprido.
9 – Vote certo. Leve os números anotados
10 – Vote e faça valer o seu direito de cidadão cada voto importa

Fonte TER/S

Veja Também