Diário Logo

O Diário Logo

O que é preciso para um candidato vencer no primeiro turno das eleições?

Desde as primeiras horas da votação neste domingo (2), internautas buscam saber qual a regra para que um candidato seja eleito ainda no primeiro turno nas eleições gerais.  De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para conquistar o pleito sem precisar prorrogar a campanha é preciso receber no mínimo 50% dos votos válidos, que […]

2 de outubro de 2022

Reportagem de: O Diário

Desde as primeiras horas da votação neste domingo (2), internautas buscam saber qual a regra para que um candidato seja eleito ainda no primeiro turno nas eleições gerais. 

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para conquistar o pleito sem precisar prorrogar a campanha é preciso receber no mínimo 50% dos votos válidos, que são aqueles que excluem os brancos e nulos, e mais um único voto.

Nas redes sociais, muitos usuários disseram acreditar que é preciso alcançar 51% nas urnas — mas isso não é verdade. Existem dois sistemas de votação nas eleições brasileiras: o proporcional, que é válido para deputados federais, estaduais e vereadores; e o majoritário, quando a disputa é entre candidatos a presidente, governador, senador e prefeito.

No caso do sistema majoritário, a eleição em dois turnos só ocorre para os cargos do Executivo, ou seja, para presidentes, governadores e prefeitos. Para ser eleito em qualquer uma dessas funções, o candidato precisa alcançar a maioria absoluta dos votos. Isso significa que é necessário ter mais da metade dos votos válidos, com ao menos 50% + 1.

 

Veja Também