Diário Logo

O Diário Logo

Secretário de Mogi visita a Agrishow e apresenta sua virtual sucessora

A convite da Valtra, fábrica de tratores e equipamentos agrícolas, localizada no distrito de Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, vereador Pedro Komura (PSDB) visitou a Agrishow, de Ribeirão Preto, o maior e mais importante evento voltado para o setor agrícola do País. Além do estande da empresa […]

3 de maio de 2023

Reportagem de: O Diário

A convite da Valtra, fábrica de tratores e equipamentos agrícolas, localizada no distrito de Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, vereador Pedro Komura (PSDB) visitou a Agrishow, de Ribeirão Preto, o maior e mais importante evento voltado para o setor agrícola do País.

Além do estande da empresa mogiana, o secretário percorreu as demais instalações da feira e pôde acompanhar de perto a evolução do setor agrícola no País. Afinal, lá estavam expostas as principais inovações em maquinários, tratores, colheitadeiras e veículos em geral, além de outros produtos, como insumos em geral, que integram e colaboram com o potencial produtivo do agronegócio, principal fonte de riqueza atualmente no País.

Komura voltou impressionado com tudo o que viu na Agrishow, onde esteve em companhia de técnicos da Valtra e também de Jacqueline Yumi Komura, sua filha e virtual sucessora junto à Câmara Municipal.

Após 34 anos ininterruptos de mandato e em sua nona legislatura, o atual secretário de Desenvolvimento tem duas metas pela frente: a primeira é se eleger presidente da Câmara para o derradeiro ano daquele que poderá ser seu derradeiro mandato junto ao Legislativo mogiano; por conta justamente disso, a outra será eleger a filha para seu lugar.

E que ninguém imagine Jacqueline caindo de para-quedas no plenário.

Formada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas, com cursos de aperfeiçoamento no setor, seu sonho é ser prefeita de Mogi das Cruzes.

Mas, antes, espera passar pela Câmara, cujo funcionamento ela já conhece muito bem, por estar exercendo as funções de assessora do pai no decorrer dos últimos anos.

Da mesma forma como vem participando ativamente nas recentes campanhas que reconduziram Pedro Komura aos mais recentes mandatos.

A visita à Agrishow fez parte dessa preparação para ocupar o lugar do pai, caso se concretizem os planos de Komura e ela consiga se eleger vereadora em 2024.

Experiência e gosto pela vida pública parecem não lhe faltar. Uma importante promessa para a renovação do Legislativo nas eleições do próximo ano.

E o Alto Tietê…

O peso político do Alto Tietê no Estado pode ser avaliado a partir das regiões escolhidas pela Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado para sediar as audiências públicas do Plano Plurianual 2024-2027 em todas as regiões do Estado. Os encontros vão permitir que as comunidades das cidades escolhidas ajudem a definir as diretrizes e objetivos estratégicos da gestão estadual para os próximos quatro anos.

…fica de fora

Mesmo tendo três deputados na Câmara Federal e dois na Assembleia, sendo um deles o presidente da Alesp, o Alto Tietê ficou simplesmente de fora dos debates, que acontecerão virtualmente pela plataforma Teams. Se algum representante da região quiser participar das discussões terá de unir a todos os demais 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, no dia 18, a partir das 9 horas. A exclusividade de Mogi e região, que já existiu no passado, acabou. Não há mais. O projeto do PPA deverá ficar pronto até o dia 11 de agosto para ser encaminhado à Alesp.

Festival do Lámen…

Mogi das Cruzes será sede do 1º Festival de Lámen & Comida Oriental. O evento acontecerá em junho, no Parque Leon Feffer, na Vila São Francisco, pela facilidade de acesso e amplo estacionamento.

De origem oriental, o lámen tornou-se um prato muito popular no Japão e bastante apreciado na região, principalmente nos meses mais frios. Tem como base um macarrão artesanal feito de farinha de trigo, ovo e água, e é servido com um caldo preparado com gordura de porco ou boi, ovo cozido, cebolinha, espinafre japonês e algas, além de outras diversas variações.

…no Parque Leon Feffer

A data do evento ainda não foi decidida, mas já se sabe que, além do lámen, o festival deverá reunir outras opções de alimentos típicos da culinária oriental como yakissoba, sushi e sashimi. Entre as atrações culturais estão sendo preparadas aulas de ioga e taiko (música tocada com os tambores que fazem parte da tradição japonesa). Haverá, ainda, apresentações musicais e atividades para entretenimento do público infantil.

Íbis mogiano

E a saga de derrotas do Atlético Mogi parece mesmo não ter fim.

Depois de a Folha ter informado que o time mogiano deixou para trás o pernambucano Íbis, considerado o “pior time do mundo”, a reação esperada da equipe do Atlético não aconteceu no último final de semana.

No “derbi” doméstico de sábado (29), o União FC acabou vencendo o clássico local por 1 a 0, mantendo a aparentemente infindável série negativa atleticana por, pelo menos, mais sete dias.

O próximo jogo será contra o Manthiqueira, de Guaratinguetá, às 15 horas de sábado (6), em casa.

Festa da PM

O 17º aniversário de instalação do Comando de Policiamento de Área Metropolitano (CPAM-12) será comemorado em grande estilo, no Club Med Paradise Resort, no distrito de Jundiapeba. Na oportunidade, haverá a solenidade de entronização do retrato do coronel Wagner Giurni, na chamada Galeria dos Eternos Comandantes. O evento marcado para o dia 22 de maio, a partir das 10 horas, terá almoço por prévia adesão (R$ 100,00) e o estacionamento irá custar R$ 38,00. O convite está sendo feito pelo atual comandante, coronel Rodrigo Quintino.

 

Memória mogiana

O Casarão do Chá do bairro do Cocuera,em Mogi, é citado por mais de uma vez – e com foto – numa ampla reportagem mostrada pela revista Oeste, sobre a planta, que chegou ao Brasil em 1808, com a vinda da Família Real portuguesa e a criação do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O trabalho do repórter Evaristo de Miranda  mostra toda a história do chá, desde seu surgimento na China, onde começou a ser usado como bebida terapêutica na dinastia Han do Oeste (206 a.C. a 24 d.C.).

 

Casarão do Chá

Nos anos 220 d.C. em diante, o chá passou a ser consumido por prazer. As referências à fábrica de Chá Tókio de Mogi lembram a produção após a Guerra Mundial e citam a arquitetura desenvolvida pelo carpinteiro Kazuo Hanaoka, responsável pela construção do imóvel que mistura técnicas brasileira e japonesa e que foi erguido sem uso de um único prego, apenas com madeiras encaixadas e sobrepostas.

 

Comendador

O ex-deputado estadual e atual presidente do Fumefi, Estevam Galvão de Oliveira (União Brasil), agora é também comendador. Ele foi condecorado pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) com a Comenda da Ordem Municipal do Brasão, a mais alta honraria concedida pelo Executivo suzanense a pessoas que prestaram grandes serviços do município.

Larissa Ashiuchi e Viviane Galvão, esposa de Rodrigo e Estevam, respectivamente, acompanharam a homenagem.

Estevam foi prefeito de Suzano em quatro mandatos, cinco vezes deputado estadual, uma deputado federal e uma vez vereador naquela cidade.

 

Veja Também