Diário Logo

O Diário Logo

Tiroteio provoca caos na região central de Suzano

O final da tarde desta segunda-feira (24) foi marcado por medo e apreensão entre a população da região central de Suzano por causa de um tiroteio que aconteceu durante um assalto que deixou um morto e três feridos. A troca de tiros ocorreu na rua general Francisco Glicério por volta das 18 horas, ao lado […]

24 de julho de 2023

Reportagem de: O Diário

O final da tarde desta segunda-feira (24) foi marcado por medo e apreensão entre a população da região central de Suzano por causa de um tiroteio que aconteceu durante um assalto que deixou um morto e três feridos.

A troca de tiros ocorreu na rua general Francisco Glicério por volta das 18 horas, ao lado da Praça João Pessoa – uma das áreas mais movimentadas da cidade.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens se aproximaram para assaltar um motociclista, mas agentes seguranças particulates, que estavam próximos ao local do crime, reagiram para tentar impedir a ação dos suspeitos e começaram a trocar tiros com os bandidos.

(Inicialmente, foi informado que dois guardas municipais teriam atuado na ocorrência, quando na verdade eram dois seguranças particulares que reagiram ao assalto e trocaram tiros com os criminosos)

O motociclista acabou baleado na cabeça pelos suspeitos, que teriam atirado a queima roupa. Ele chegou a ser levado para o Pronto-Socorro da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Outras três pessoas foram baleadas. O segurança que estava no local foi uma delas, além de um homem que estava passando pelo local que levou um tiro na região do pé, e uma mulher que estava dentro de um carro próximo e que foi baleada no braço

As informações são de que os dois assaltantes conseguiram fugir levando a motocicleta.

Ainda de acordo informações da PM a O Diário, a GCM de Suzano assumiu a ocorrência, enquanto a Polícia oferece apoio. No início desta noite, a rua ainda estava interditada. O caso não havia sido registrado na delegacia da cidade até às 18h50.

A reportagem também solicitou informações para a Secretaria de Segurança Pública para obter mais detalhes da ocorrência.

Veja Também