Diário Logo

O Diário Logo

Rodrigo Valverde aposta na diversidade de partidos para ir ao segundo turno

Estratégia também é vencer a rejeição ao PT em Mogi das Cruzes; petista é o primeiro que teve a pré-candidatura lançada

19 de abril de 2024

Rodrigo Valverde e Jane Gondim, durante o lançamento da pré-candidatura | Divulgação

Reportagem de: Josué Suzuki

Mogi das Cruzes já tem a sua primeira pré-candidatura oficial para prefeito. Rodrigo Valverde (PT) escolheu uma data sugestiva para o lançamento: 13 de abril, último sábado. Na ocasião, ele anunciou a sua pré-candidata a vice: Jane Gondim (PDT). Aliás, uma diversificada frente com nove partidos integram a coligação.

Essa diversidade de partidos políticos é a aposta de Valverde para ir ao segundo turno e acabar com a rejeição ao PT em Mogi das Cruzes. Historicamente, o Partido dos Trabalhadores sempre foi para a disputa majoritária na cidade com os “mesmos de esquerda”. Em 2020, por exemplo, era PT, Psol e UP.

“Na eleição passada tivemos 18% dos votos, uma votação histórica para o PT. Faltaram somente 5% para chegarmos ao segundo turno. Agora, com essa junção de partidos, que atingem setores da sociedade que antes não tínhamos relação, acreditamos que chegaremos no segundo turno”, diz o pré-candidato.

Valverde calcula que esses reforços vão trazer pelo menos mais 10% dos votos. “Sempre foi só a esquerda. Agora temos o apoio de alguns partidos de centro e até de centro-direita”, destaca. Integram a chapa da pré-candidatura do petista os seguintes partidos:

  • PT
  • PCdoB
  • Psol
  • Rede
  • PV
  • Solidariedade
  • Partido da Mulher do Brasil
  • Democracia Cristã
  • PDT

É do PDT que vem a maior novidade: a vice da chapa.

Rodrigo Valverde discursa no lançamento da pré-candidatura | Divulgação
Rodrigo Valverde discursa no lançamento da pré-candidatura | Divulgação

Gondim

A família Gondim vem em peso para a candidatura de Rodrigo Valverde à Prefeitura de Mogi das Cruzes. Vereador por três vezes e cinco vezes deputado estadual, Luiz Carlos Gondim tentará voltar para a Câmara Municipal nesta eleição. Mas a mulher, Jane Gondim, será a candidata a vice de Valverde.

“A Jane sempre teve presença forte na política de Mogi das Cruzes. A começar pelo pai dela, que foi secretário de Obras de quatro prefeitos diferentes. Ela também foi o grande pilar do início de Gondim na política”, explica Valverde.

Jane chegou a ser candidata a vereadora em Mogi por duas vezes, mas não foi eleita. Na última eleição, foi a mais votada do então partido à época, o PPS. A candidatura dela a vice na chapa petista está sendo tratada como um marco, “um novo capítulo na política local”.

Aliás, durante o evento de lançamento da pré-candidata da chapa, foram lançados ainda 126 pré-candidatos à Câmara.

O grupo conta hoje com três vereadores: Inês Paz (Psol), Iduigues Martins (PT) e Carlos Lucarefski (PV). Malu Fernandes fazia parte pelo Solidariedade, mas ela se filiou ao PL.

Veja Também