Diário Logo

O Diário Logo

Corpo de motorista que morreu após recusar parada fora do ponto é velado em Suzano

Velório e o sepultamento ocorrerão no cemitério Colina dos Ipês, na Vila Colorado; crime ocorreu na noite do último domingo (07/07)

9 de julho de 2024

Caso foi registrado como homicídio e colisão no 50º DP (Itaim Paulista) | Reprodução - TV Globo

Reportagem de: O Diário

O corpo do motorista Gabriel da Silva Moraes, de 26 anos, morto após ser baleado por um passageiro por se recusar a parar fora do ponto, está sendo velado em Suzano na manhã desta terça-feira (09/07). O velório e o sepultamento ocorrerão no cemitério Colina dos Ipês, na Vila Colorado. Ele deixa esposa, três filhos e um enteado. 

O crime ocorreu no bairro Vila Jurema, situado na zona leste de São Paulo, na noite do último domingo (07/07). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São (SSP-SP), devido ao incidente, o veículo acabou colidindo contra uma residência na rua Visconde de Aljezur, no Itaim Paulista, onde a polícia encontrou o motorista ferido gravemente dentro do ônibus. Segundo passageiros, um homem teria atirado contra a vítima após ela se recusar a parar fora do ponto regular.

O motorista chegou a ser socorrido e direcionado ao Hospital Santa Marcelina, mas não resistiu devido à gravidade dos ferimentos causados por um disparo na cabeça. O passageiro que efetuou o disparo fugiu após o crime. Ainda de acordo com a SSP-SP,  exames periciais foram solicitados ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML).

O caso, registrado como homicídio e colisão no 50º DP (Itaim Paulista), continua sendo investigado. A Polícia Civil busca imagens para tentar identificar o autor do disparo que resultou na morte da vítima.

Veja Também