Diário Logo

Notizia Logo

Estudantes da Etec de Suzano desenvolvem tinta acrílica sustentável

Com o objetivo de produzir uma tinta de baixa toxidade, antifúngica e que brilha no escuro, três estudantes do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Química da Escola Técnica Estadual (Etec) de Suzano, Samuel dos Anjos Souza, Sthefany Sant’Ana Nunes e Vitória Cássia Alves de Melo, criaram a Eco.Ink tinta sustentável. Orientado pelo professor Cesar Tatari, […]

5 de abril de 2023

Reportagem de: O Diário

Com o objetivo de produzir uma tinta de baixa toxidade, antifúngica e que brilha no escuro, três estudantes do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Química da Escola Técnica Estadual (Etec) de Suzano, Samuel dos Anjos Souza, Sthefany Sant’Ana Nunes e Vitória Cássia Alves de Melo, criaram a Eco.Ink tinta sustentável. Orientado pelo professor Cesar Tatari, o grupo desenvolveu um pigmento a partir de pilhas descartadas e uma tinta resistente a mofo e fungos intensificada com os princípios ativos da Callistemon viminalis, planta também conhecida como melaleuca, que tem origem na Austrália.

Estudos feitos pelo grupo mostram que a corrosão microbiológica é um grande problema enfrentado pela indústria das tintas, principalmente nos produtos que são utilizados em paredes. “As tintas à base d’água possuem maior probabilidade de criar grande quantidade de mofo em sua superfície porque não utilizam solventes sintéticos em sua composição”, comenta Sthefany.

A pesquisa mostra ainda que o mofo da parede pode agravar problemas de saúde, como rinite e sinusite e, por isso, a indústria utiliza biocidas sintéticos. “Em nosso projeto, decidimos fazer a substituição de um aditivo sintético por um aditivo de origem natural, garantindo a diminuição na degradação do meio ambiente. Para produzir uma tinta de qualidade, usamos os princípios ativos da melaleuca, no formato de extrato glicólico e óleo essencial”, completa.

Os extratos glicólicos são ingredientes naturais, produzidos a partir de um processo de extração que utiliza matéria-prima natural. Assim são extraídos os ativos da planta. Para a adição de um elemento altamente volátil em uma tinta, os estudantes compreenderam as ações que as outras substâncias exerciam, e decidiram fazer o extrato glicólico e utilizar resina acrílica, por considerarem ser melhor para revestimentos internos e externos, juntamente com um solvente orgânico.

Pigmento sustentável

Para a produção do pigmento sustentável, os alunos tiveram que aprofundar os estudos em diversas áreas do conhecimento, desde o estudo das propriedades físicas e químicas até o estudo de métodos para síntese de nanopartículas. “Utilizamos o zinco obtido em pilhas descartadas. Produzimos o sulfeto de zinco (ZnS), que tem capacidades luminescentes, aumentando a sua eficiência”, explica Sthefany.

O Eco.ink se encaixa nos três pilares da sustentabilidade: Ambiental, Econômico e Social. O projeto também se enquadra em quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU):

3-Saúde e bem-estar: garantir o acesso à saúde de qualidade e promover o bem-estar para todos, em todas as idades;
8-Trabalho decente e crescimento econômico: promover o crescimento econômico inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho digno para todos;
11-Cidades e comunidades sustentáveis: tornar as cidades e comunidades mais inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis;
12-Consumo e produção responsáveis: garantir padrões de consumo e de produção sustentáveis.

Participação em feiras

O projeto é um dos três vencedores, selecionados entre dez trabalhos finalistas da 14ª edição da Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps). “Ser uma das vencedoras da Feteps foi uma experiência muito incrível. A Etec de Suzano tem tradição na feira e é uma honra estar na lista de vencedores e poder representar essa excelência em projetos e pesquisa”, declarou Sthefany.

O Eco.ink representou o CPS na mostra de projetos da 21ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), ao lado de mais dez trabalhos de estudantes de Etecs. Ao todo, foram selecionados 225 finalistas.

Veja Também