Diário Logo

O Diário Logo

GCM de Suzano descobre rinha de galo em Palmeiras

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano descobriu na tarde do domingo (21), por volta das 14h45, uma rinha de galo que funcionava em uma propriedade no distrito de Palmeiras. O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Central da cidade. A ocorrência começou a ser atendida pelas equipes de patrulha, da Ronda Ostensiva Municipal […]

23 de agosto de 2022

Reportagem de: O Diário

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano descobriu na tarde do domingo (21), por volta das 14h45, uma rinha de galo que funcionava em uma propriedade no distrito de Palmeiras. O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Central da cidade.

A ocorrência começou a ser atendida pelas equipes de patrulha, da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e do Canil meia-hora antes, durante tentativa de abordagem a suspeitos de praticarem tráfico de entorpecentes no Parque Palmeiras, próximo à linha férrea de transporte de carga que cruza o bairro.

Ao perceberem a chegada dos guardas, os indivíduos começaram a fugir em meio à mata e um deles dispensou uma sacola. Nela havia 15 invólucros de cocaína, 40 papelotes de maconha e 160 pedras de crack.

No entanto, próximo dali os agentes avistaram também uma concentração de público em uma propriedade que fica na rua Avelino Mariano Pena, já no bairro Parque Cerejeiras. Ao se aproximarem, eles se depararam com cerca de 30 pessoas envolta de espécies de “ringues”, estrutura utilizada para rinha de galo. Algumas assistiam outras faziam apostas.

Diante disso, foi realizada a abordagem, porém alguns indivíduos conseguiram fugir do local. Foram encontrados na ocasião 24 animais, vários acessórios usados neles como armas e proteção, principalmente biqueiras e esporas, caixas de transporte e outros materiais que caracterizavam a rinha.

Os guardas da Romu questionaram a respeito do que ocorria e nove pessoas confirmaram a participação no ato ilegal e a propriedade dos galos, inclusive para compra e venda.

“Elas foram detidas e conduzidas posteriormente à Delegacia Central de Suzano, para onde os animais também foram levados e entregues posteriormente a um fiel depositário. Atuamos com vistas a uma ocorrência de tráfico de drogas e tivemos êxito em flagrar e interromper também um crime ambiental e de maus tratos a animais em andamento”, destacou a comandante da GCM, Rosemary Caxito.

Veja Também