Diário Logo

O Diário Logo

Juiz de Suzano solta ginecologista denunciado por abusar de pacientes

Um alvará de soltura concedido pelo juiz Fernando Oliveira Camargo, da 1ª Vara Criminal de Suzano, colocou em liberdade o ginecologista José Adagmar Pereira de Moraes, denunciado pelo Ministério Público por suspeita de abusar sexualmente de, pelo menos, nove pacientes. A prisão do médico aconteceu após uma paciente de Suzano denunciar que ele teria passado […]

14 de maio de 2021

Reportagem de: O Diário

Um alvará de soltura concedido pelo juiz Fernando Oliveira Camargo, da 1ª Vara Criminal de Suzano, colocou em liberdade o ginecologista José Adagmar Pereira de Moraes, denunciado pelo Ministério Público por suspeita de abusar sexualmente de, pelo menos, nove pacientes.

A prisão do médico aconteceu após uma paciente de Suzano denunciar que ele teria passado a mão em suas partes íntimas, dizer que ela precisaria de novos parceiros sexuais e também para não contar o que havia acontecido na consulta.

Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o médico abusou de outras oito pacientes durante o atendimento médico.

“Os crimes foram praticados mediante fraude, uma vez que o denunciado simulava estar examinando as vítimas, e, inclusive, sugeria que elas tinham uma espécie de “bloqueio psicológico sexual”, impedindo a livre manifestação de vontade delas, que em nenhum momento autorizaram a prática de atos com cunho sexual”, destacou o MP.

No alvará de soltura, o magistrado de Suzano suspendeu o direito do ginecologista de exercer a atividade médica.

Veja Também