Diário Logo

O Diário Logo

Mutirão de zeladoria começa no Jardim Imperador, em Suzano

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, deu início nesta sexta-feira (29) a um novo ciclo do intensivo de zeladoria realizado pelos bairros nos finais de semana. Nesta etapa, o Jardim Imperador receberá os serviços de manutenção e limpeza. A iniciativa opera normalmente durante o ponto facultativo do […]

29 de outubro de 2021

Reportagem de: O Diário

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, deu início nesta sexta-feira (29) a um novo ciclo do intensivo de zeladoria realizado pelos bairros nos finais de semana. Nesta etapa, o Jardim Imperador receberá os serviços de manutenção e limpeza. A iniciativa opera normalmente durante o ponto facultativo do Dia do Servidor e seguirá com atividades no sábado e na próxima segunda-feira (30/10 e 01/11).

Os agentes municipais estarão pelas ruas do bairro ao longo destes dias realizando uma série de medidas de conservação como varrição, roçagem, capinação, substituição de iluminação pública, pintura de guias e reforço de sinalização viária. Os trabalhos também compreendem outros pontos adjacentes da comunidade. A programação, porém, pode sofrer alterações caso haja pancadas de chuva, que prejudicam a atuação dos servidores municipais.

Para além de limpar as ruas, calçadas, praças e academias ao ar livre, a medida também concentra esforços no cuidado com as estruturas de captação de água pluvial, como forma de prevenir enchentes, alagamentos e outras situações que possam impactar a saúde e o bem-estar da população local. Com isso, bueiros e valas de drenagem também passam pela retirada de sedimentos ou resíduos frutos de descarte irregular.

O secretário municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, Samuel Oliveira, destacou a importância destes trabalhos para os moradores do município, em especial nestes últimos meses do ano, quando há maior incidência de chuva. “Além de garantir melhores condições de vida aos moradores no entorno de suas casas, estas limpezas periódicas são um meio de evitar possíveis enchentes e alagamentos, contribuindo para a segurança de todos. Seguimos comprometidos com a conservação dos bairros, de norte a sul”, concluiu.

Em seu último itinerário, o mutirão de zeladoria esteve na Vila Amorim. As atividades por lá duraram três semanas, em razão da extensão do local, que tinha muitas demandas a serem cumpridas, e de chuvas. Este período resultou na retirada de aproximadamente 63 toneladas de resíduos diversos da comunidade, tanto das ruas como das estruturas de drenagem de água pluvial.

Veja Também