Diário Logo

O Diário Logo

Prefeitura de Suzano resgata dois cães no Jardim Imperador

A Secretaria de Meio Ambiente de Suzano, por meio do Setor de Bem-Estar Animal, realizou na última semana o resgate de dois cachorros em situação de maus tratos no Jardim Imperador. Eles foram acolhidos para atendimento veterinário e deverão permanecer afastados de seus antigos tutores, que são reincidentes neste crime e estão sujeitos a penalidades […]

30 de agosto de 2021

Reportagem de: O Diário

A Secretaria de Meio Ambiente de Suzano, por meio do Setor de Bem-Estar Animal, realizou na última semana o resgate de dois cachorros em situação de maus tratos no Jardim Imperador. Eles foram acolhidos para atendimento veterinário e deverão permanecer afastados de seus antigos tutores, que são reincidentes neste crime e estão sujeitos a penalidades por isso. Esta foi a primeira situação em que a nova lei municipal que proíbe manter animais acorrentados foi aplicada.

A pasta tem acompanhado este caso desde 2018, quando as primeiras denúncias de maus tratos chegaram ao seu conhecimento. Na época, agentes municipais e a Polícia Civil vistoriaram a residência e advertiram os tutores a oferecerem melhores condições de vida aos pets, com emissão de boletim de ocorrência. O caso seguiu sob acompanhamento do Setor de Bem-Estar Animal, para garantir a segurança dos pets. Passados dois anos sem incidentes, as denúncias voltaram a surgir.

Em 2020, o Meio Ambiente tentou contatar a família por diversas vezes, mas teve dificuldades em encontra-los na residência. Por causa disso, notificaram a Polícia Civil e reforçaram a necessidade de intervenção no caso. Na última quinta-feira (26/08), porém, o setor foi contatado pelo vereador Marcel Pereira da Silva, que havia conseguido abordar os tutores no local. Seguindo imediatamente para o endereço, os agentes municipais enfim tiveram acesso à propriedade e flagraram os dois cães em péssimas condições de saúde, inclusive acorrentados de forma a prejudicar sua livre locomoção e bem-estar.

O atendimento veterinário da prefeitura chegou logo em seguida para prestar socorro aos animais. Ambos estavam machucados, mas um deles foi diagnosticado em estado grave, com hematomas sérios na região das patas. Este foi sedado no local e levado para que o devido socorro pudesse ser prestado. Após o acolhimento dos animais, que contou com o consentimento dos tutores, outro boletim de ocorrência foi feito.

Por parte da secretaria de Meio Ambiente, os responsáveis pelos animais receberam auto de infração e uma multa no valor de 50 Unidades Fiscais (UFs), o que corresponde a R$ 184,95. O caso foi o primeiro da cidade em que foi aplicada a nova Lei Municipal que proíbe manter animais domésticos acorrentados em espaços confinados ou com pouca corda. Agora a situação será encaminhada para que os órgãos de segurança da cidade dêem continuidade aos devidos procedimentos legais.

O secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, destacou a importância das denúncias para que as equipes municipais tomem conhecimento dos crimes contra os animais e possam prontamente agir. “Mantemos acompanhamento contínuo dos casos de maus tratos identificados na cidade, sempre visando garantir a segurança dos pets. Felizmente conseguimos intervir e prestar socorro a tempo a estes dois cães. Eles seguem em acompanhamento veterinário e deverão se recuperar em breve”, concluiu.

Denúncia

Para informar casos de maus-tratos ou abandono de animais, a orientação é procurar a Ouvidoria Geral do Município, por meio do site www.suzano.sp.gov.br, pelo aplicativo para celular “Cidadão Online”, pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 0800-774-2007.

Veja Também