Diário Logo

O Diário Logo

Projeto ‘Baby, me Leva’ chega à marca de 200 animais adotados

O projeto “Baby, me Leva” contabiliza um total de 200 pets adotados em menos de um ano. A iniciativa de adoção responsável, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Suzano, por meio do Setor de Bem-Estar Animal, foi instituída em junho de 2021 e já alegrou lares ao possibilitar um novo começo para muitos […]

29 de maio de 2022

Reportagem de: O Diário

O projeto “Baby, me Leva” contabiliza um total de 200 pets adotados em menos de um ano. A iniciativa de adoção responsável, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Suzano, por meio do Setor de Bem-Estar Animal, foi instituída em junho de 2021 e já alegrou lares ao possibilitar um novo começo para muitos pets.

De acordo com o levantamento da pasta, 93 animais encontraram novos lares por meio de acesso ao portal www.suzano.sp.gov.br/baby-me-leva, enquanto as feiras de adoção responsável realizadas mensalmente resultaram em 107 pets encaminhados para novas famílias. Todos os cães e gatos recolhidos pelas organizações não-governamentais (ONGs) e cuidadores parceiros providenciam a castração e a atualização de vacinas quando os animais entram em processo adotivo.

Atualmente, o projeto conta com 68 animais, entre cães e gatos, disponíveis para visualização. No portal, os interessados podem entrar em contato com o Setor de Bem-Estar Animal por meio do e-mail [email protected] que, a partir do primeiro contato, encaminhará o interessado ao parceiro responsável pelo animal, para então iniciar os trâmites para adoção.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, muitas famílias concretizaram a adoção pelo “Baby, me Leva” e isso motiva a manutenção do trabalho. “Seja por meio da plataforma ou das feiras, os interessados podem conhecer os cães e gatos disponíveis para efetuar a adoção responsável. São 200 pets que encontraram um lar em menos de um ano, então concluímos que o trabalho é um sucesso”, relatou.

O titular da pasta afirmou que o trabalho de ajuda aos animais passa por análises criteriosas. “Junto aos cuidadores parceiros, observamos a situação dos pets acolhidos e monitoramos os casos de abuso ou abandono, para oferecer as melhores condições possíveis a eles”, definiu Chiang.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no Setor de Bem-Estar Animal, pelo telefone (11) 4745-2055. Aos que presenciarem situações de maus-tratos e abandono, é possível denunciar à Ouvidoria Municipal no número 0800-774-2007.

Veja Também