Diário Logo

O Diário Logo

Agentes da polícia de Guararema salvam recém-nascida engasgada

A criança de dois meses precisou ser reanimada e foi encaminhada ao pronto socorro

19 de junho de 2024

Além dos atendimentos rotineiros e de salvamento, os PMs são preparados para casos de parada cardiorrespiratória, hemorragia e até vazamento de gás | Reprodução

Reportagem de: O Diário

Um investigador e um auxiliar de papiloscopia da Delegacia de Polícia de Guararema ajudaram a salvar uma criança de dois meses que perdeu os sentidos ao se engasgar com leite materno.

A mãe e a avó da Olívia, de dois meses, chegaram ao Distrito Policial pedindo ajuda com a bebê já desmaiada no colo. O investigador Roberto Arado percebeu que a menina estava desmaiada e sem movimentos que indicassem respiração. “Fiz manobras de desengasgo por alguns instantes e pude perceber que a criança começou a respirar com dificuldades” explicou o policial.

A dupla percebeu a necessidade de um atendimento médico e decidiu levar Olívia à Santa Casa de Guararema. Arado continuou cuidando do bebê, enquanto Benedito dos Santos, auxiliar de papiloscopia, dirigiu seu carro, que estava mais acessível no momento, até o pronto socorro. “Fomos prontamente atendidos e logo veio a notícia de que Olívia estava salva”, contou o investigador.

Passado o susto, a família voltou à delegacia para agradecer aos profissionais. Olívia passa bem e não ficou com nenhuma sequela.

Veja Também