Diário Logo

O Diário Logo

Alto Tietê registra mais duas mortes por dengue

Vítimas são de Suzano e Ferraz de Vasconcelos; no total, a região soma seis mortes pela doença

10 de abril de 2024

O mosquito aedes aegypti é o agente transmissor da dengue | Freepik

Reportagem de: O Diário

O Painel de Monitoramento da Divisão de Dengue, Chikungunya e Zika do Estado de São Paulo, registrou mais duas mortes por dengue no Alto Tietê, sendo uma na cidade de Suzano e outra em Ferraz de Vasconcelos.

No total, o bloco soma seis mortes pela doença, sendo três em Suzano, duas em Mogi das Cruzes e uma em Ferraz de Vasconcelos.

As outras duas mortes registradas no município de Suzano eram respectivamente de um homem de 68 anos, com histórico de diabetes e hipertensão, e um homem de 58 anos, que não apresentava comorbidades. De acordo com a Prefeitura de Suzano, a terceira morte foi confirmada na última segunda-feira (8). A vítima era um idoso de 74 anos que faleceu no dia 18 de março, após seis dias de internação no Pronto-Socorro Municipal (PS), em razão da doença. Ele sofria de diabetes, hipertensão arterial e crises convulsivas.

Já a cidade de Ferraz de Vasconcelos registrou a primeira morte pela doença no município na tarde de ontem (9). A prefeitura divulgou que o óbito foi de um idoso de 67 anos, portador de comorbidades crônicas, em tratamento. A vítima passou três dias internados na rede privada devido a dengue. O quadro do paciente evoluiu para insuficiência respiratória e pulmonar após infecção pela doença.

Vale lembrar que a região acumula 8.465 casos de dengue e tem sete cidades em epidemia pela doença, situação que acontece​​ quando a incidência é superior a 300 casos a cada 100 mil habitantes. As cidades em situação epidêmica são: Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Biritiba-Mirim, Guararema, Santa Isabel e Arujá.

Escrito por: Geovanna Albuquerque

Revisado por: Fabrício Mello

Veja Também