Diário Logo

O Diário Logo

Mogi das Cruzes confirma segunda morte causada por dengue

Quatro óbitos foram causados por dengue no Alto Tietê, dois em Mogi e em Suzano

4 de abril de 2024

O mosquito aedes aegypti é o agente transmissor da dengue | Freepik

Reportagem de: Vitor Gianluca

Nesta quinta-feira (4), o Painel de Monitoramento da Divisão de Dengue, Chikungunya e Zika do Estado de São Paulo notificou a segunda morte causada por dengue em Mogi das Cruzes. Além dos dois óbitos confirmados pelo painel, existem outras duas mortes em investigação. Mogi é a segunda cidade da região com o maior número de casos, segundo o painel, já são 1.989 casos positivos.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou no dia 22 de março a primeira morte, um senhor de 92 anos com comorbidades morreu no dia 3, por conta da doença. A segunda, seria de um senhor de 93 anos, também com comorbidades, segundo a administração. Com esta morte, o número de óbitos do Alto Tietê chega a quatro, dois em Mogi e em Suzano.

Neste momento, das 10 cidades do Alto Tietê, seis estão em epidemia de dengue, quando a incidência é superior a 300 casos a cada 100 mil habitantes, sendo: Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Biritiba-Mirim, Guararema e Santa Isabel. A soma de casos positivos da região chega a 7.131. Já o Estado de São Paulo ultrapassou a marca de 402 mil casos de dengue confirmados, 190 pessoas já morreram pela doença.

Em Mogi, até terça-feira (2), 8.291 crianças foram vacinadas e alguns imunizastes foram enviados para outros municípios por conta dos vencimentos das doses.

Veja Também