Diário Logo

O Diário Logo

Linha 11-Coral volta a operar com dois loops em horários de pico a partir de quarta-feira

Segundo a CPTM, os trens irão circular com dois loops: um entre Luz e Guaianases e outro entre Luz e Estudantes

8 de abril de 2024

Linha 11-Coral opera com três loops diferentes: Guaianases, Suzano e Estudantes | Reprodução

Reportagem de: O Diário

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) anunciou que irá retomar a estratégia de circulação na Linha 11-Coral com apenas dois loops – um entre Luz e Guaianases e outro entre Luz e Estudantes – a partir de quarta-feira (10). A medida vai valer entre segunda e sexta-feira, nos horários de pico (05h30 e 09h – 16h e 20h). 

Os trens que saem da Estação da Luz terão como destino a Estação Guaianases, com intervalo médio programado de quatro minutos, e a Estação Estudantes, com intervalo médio programado de oito minutos. No sentido oposto, os trens que saem de Estudantes nos horários de pico também seguirão até a estação da Luz.

Na nota divulgada pela companhia, ainda foi dito que o trecho entre as estações Suzano e Estudantes, no município de Mogi das Cruzes, é cortado por seis passagens em nível (PN) “que impõem restrição de velocidade às composições que passam pelos locais, o que interfere pontualmente no tempo de viagem no trajeto”. 

Ainda segundo a CPTM, a redução da velocidade dos trens é necessária para garantir a segurança de motoristas e pedestres, sendo quatro delas destinadas a passagens de veículos e pedestres e outras duas exclusivas para passagens de pedestres. 

“Por estes motivos, o encerramento dessas travessias é fundamental para que a CPTM possa aumentar a velocidade de circulação dos trens e diminuir o intervalo médio entre composições no trecho da região do Alto Tietê, beneficiando os passageiros de toda a Linha 11-Coral”.

O fim do loop externo foi uma das mudanças mais solicitadas pelos passageiros do Alto Tietê ao longo do início deste ano. Além da população, o assunto chegou a ser pauta da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, que pediu por mais trens com circulação direta até a Estudantes.

Veja Também