Diário Logo

O Diário Logo

Polícia Civil identifica e prende dois suspeitos por latrocínio cometido em Poá

O crime teve a participação de três homens, um pilotava uma motocicleta e dois estavam em outra

18 de junho de 2024

Moto de Bruno foi encontrada ao lado do corpo, no Centro de Poá | Divulgação/Polícia Civil.

Reportagem de: Vitor Gianluca

A Polícia Civil, por meio do Setor de Homicídios (SHPP) Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes, realizou a prisão de dois homens nesta terça-feira (18), suspeitos de matar Bruno Gomes Cavalcante, no dia 26 de abril, no Centro de Poá. Um dos homens confessou o crime e já era procurado pela Justiça, pelos crimes de tentativa de homicídio contra três pessoas.

O crime aconteceu no final do mês de abril, por volta das 18h30, quando o corpo de Bruno foi encontrado na calçada da rua Deputado Guaracy Silveira. Ele foi assassinado por disparos de arma de fogo em uma tentativa de assalto. Ao lado do corpo, foi encontrada a motocicleta CBR 600, da marca Honda, propriedade de Bruno.

Em investigação, o SHPP de Mogi das Cruzes utilizou as imagens das câmeras dos comércios e das residências da parte central da cidade para identificar os autores do crime. Após a identificação dos principais suspeitos, a Polícia Civil cumpriu os mandados de prisão temporária e de busca domiciliar, que resultou na prisão de dois homens, um em Ferraz de Vasconcelos, outro em Lageado, São Paulo. Confira as imagens utilizadas pela investigação abaixo.

Segundo o boletim de ocorrência, um dos homens confessou o crime e afirmou que seria o piloto que iria conduzir a motocicleta, em caso de sucesso na abordagem. Neste momento, ele é investigado por 10 ou mais roubos de moto, em Poá e em Ferraz de Vasconcelos. A Polícia Civil também constatou que este mesmo homem, é procurado pela Justiça pelos crimes de tentativa de homicídio contra uma ex-namorada e outras duas pessoas, em situação de violência doméstica. Com ele, foi encontrada a moto utilizada durante o crime.

Moto utilizada na tentativa de assalto que resultou na morte de Bruno Cavalcante | Polícia Civil.
Moto utilizada na tentativa de assalto que resultou na morte de Bruno Cavalcante | Polícia Civil.

O delegado do SHPP de Mogi, Rubens José Angelo, afirmou que o outro suspeito, detido nesta terça (18), pode não ter envolvimento com o crime. Ele está sendo investigado por ter comprado a moto utilizada durante a tentativa de roubo, que contou com três homens, um em uma motocicleta e dois em outra. O crime foi registrado como latrocínio consumado e a Polícia Civil segue com as investigações para identificar os demais participantes do grupo.

Veja Também