Diário Logo

O Diário Logo

3 tipos de lágrimas e problemas nos olhos evitados por elas

O ato de chorar, muitas das vezes, é visto como sinal de fraqueza. Porém, pode ajudar a evitar uma série de problemas oculares. Isso porque, segundo o Dr. Fernando Ramalho, especialista em cirurgia refrativa no Oftalmos – Hospital de Olhos, de Santa Catarina, quando choramos as lágrimas lubrificam os olhos, protegendo essa região de poeiras, […]

25 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

O ato de chorar, muitas das vezes, é visto como sinal de fraqueza. Porém, pode ajudar a evitar uma série de problemas oculares. Isso porque, segundo o Dr. Fernando Ramalho, especialista em cirurgia refrativa no Oftalmos – Hospital de Olhos, de Santa Catarina, quando choramos as lágrimas lubrificam os olhos, protegendo essa região de poeiras, bactérias e alergias.

“Quando um agente infeccioso entra nos olhos, a primeira reação do corpo é lacrimejar, pois as lágrimas conseguem expelir a bactéria presente e limpar o olho afetado, evitando complicações que possam surgir. Além disso, é possível eliminar toxinas durante o choro, visto que nas lágrimas contém uma enzima chamada lisozima, responsável por combater microrganismos prejudiciais à saúde ocular”, explica.

Tipos e funções das lágrimas

O Dr. Fernando Ramalho explica que existem três tipos de lágrimas e cada uma tem uma função diferente no organismo. Confira:

1. Lágrimas basais

São produzidas rotineiramente em pequenas quantidades para a lubrificação da córnea.

2. Lágrimas reflexas

Com o intuito de proteger os olhos, elas são resultadas da irritação ocular provocada por partículas estranhas ou substâncias irritantes, como cebola e spray de pimenta.

3. Lágrimas emocionais

Conhecidas como choro, essas são provocadas por emoções, nas quais contêm hormônios do estresse para nos livrarmos dele, sendo na maioria das vezes uma solução terapêutica.

Imagem focada em um olho verde lacrimejando
Chorar aumenta a lubrificação dos olhos, evitando a síndrome do olho seco (Imagem: Gorodenkoff | Shutterstock)

Problemas oculares prevenidos pelo choro

A lágrima ajuda na prevenção e no combate a doenças oculares. O especialista em cirurgia refrativa elucida alguns problemas evitados pelo choro:

1. Olho seco

É uma condição que ocorre quando há insuficiência de lágrimas. O choro aumenta a quantidade de lágrimas que ajudam a lubrificar os olhos, evitando a síndrome do olho seco.

2. Danos na córnea

As lágrimas ajudam na manutenção da superfície da córnea saudável e hidratada, evitando danos na córnea, estrutura localizada na parte anterior do globo ocular;

3. Irritação ocular

Mencionado anteriormente, o choro ajuda na remoção de partículas estranhas, reduzindo a inflamação ocular.

Por Gabriel

Veja Também