Diário Logo

O Diário Logo

5 suplementos para uma saúde mais equilibrada

Usar suplementos alimentares é bem comum no dia a dia de muitas pessoas, mas é necessário equilibrar esse uso com sua saúde

3 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

O cuidado com a alimentação é um fator determinante para o funcionamento adequado do corpo, pois uma dieta equilibrada fornece os nutrientes essenciais necessários para a energia, crescimento, reparação e manutenção geral da saúde. No entanto, nem sempre é possível obter todos esses nutrientes, seja devido a restrições dietéticas, condições de saúde específicas ou estilo de vida. Nessas situações, o uso de suplementos alimentares pode ser indicado por médicos para preencher as lacunas nutricionais.

Abaixo, a especialista em Nutrição Funcional e nutricionista da True Source, Elaine Henzel, lista alguns suplementos e os seus benefícios para a saúde. Todavia, lembre-se: a orientação de um profissional de saúde é crucial para o uso adequado e seguro desses suplementos, assegurando que sejam complementares à dieta e atendam às necessidades individuais!

1. Colágeno

O colágeno, hoje, tem inúmeras indicações e finalidades. Por se tratar de peptídeos bioativos, ele age nas camadas mais profundas da pele, estimulando a produção de colágeno e queratina, proporcionando mais elasticidade e melhorando a hidratação. Além disso, é uma excelente fonte de proteína hipoalergênica. O colágeno também melhora a saúde intestinal, ajuda na qualidade do sono e é coadjuvante no tratamento da hipertensão arterial.

Por se tratar de uma proteína hipoalergênica, o colágeno não tem contraindicações. Além disso, é uma proteína que pode ser usada em qualquer idade, porém torna-se essencial a partir dos 24 anos, quando as mulheres começam a ter um declínio anual na produção endógena de colágeno.

2. Ômega 3

O ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial que desempenha muitas funções importantes. Ele não é produzido pelo corpo, portanto deve ser obtido via dieta ou suplementação. Ele é essencial para a saúde cardiovascular, mental e emocional. Atua no sistema nervoso central e cognitivo. Favorece a saúde da visão e ajuda na redução de processos inflamatórios.

O uso de suplementos de ômega 3 é contraindicado para pessoas que têm alergias aos frutos do mar. Além disso, pode ser usado em qualquer idade, desde que haja indicação médica ou nutricional.

3. Coenzima Q10

A coenzima Q10 (CoQ10) é uma substância semelhante a uma vitamina que desempenha papel fundamental em várias funções celulares do corpo. Ela está envolvida na produção de ATP, a principal fonte de energia das células, e ajuda a converter nutrientes em energia utilizável pelas células, especialmente nas mitocôndrias, as “usinas de energia” das células. Também atua como um antioxidante, ajudando a neutralizar os radicais livres nocivos no corpo. Isso pode reduzir o estresse oxidativo e proteger as células contra danos causados pelos radicais livres.

A suplementação da coenzima Q10 é contraindicada em casos de gravidez, amamentação e alergia. Além disso, um médico deve ser consultado para evitar a interação medicamentosa.

Mulher jovem segurando um comprimido em uma mão enquanto vai beber água.
Resveratrol ajuda na função cognitiva (Imagem: Aquarius Studio | Shutterstock)

4. Resveratrol

O resveratrol é um composto natural encontrado na casca de alguns alimentos. Produzido a partir do processo de fermentação por leveduras, tem como funções principais:

  • Ação antioxidante;
  • Anti-inflamatória;
  • Atividade antibacteriana;
  • Vasodilatadora;
  • Cognitiva.

Hoje, na ciência, existem milhares de artigos científicos mostrando seus efeitos benéficos sobre:

  • Longevidade;
  • Antienvelhecimento;
  • Saúde óssea;
  • Memória;
  • Raciocínio;
  • Função cognitiva;
  • Melhora da saúde cardiovascular;
  • Pele.

É importante no processo de envelhecimento, pois, à medida que envelhecemos, nossas mitocôndrias (as usinas geradoras de energia dentro de nossas células) perdem capacidade e prejudicam as funções celulares. O trans-resveratrol penetra nas células, rejuvenescendo as mitocôndrias e proporcionando mais longevidade.

A suplementação é contraindicada em casos de gravidez, amamentação e alergia. Além disso, um médico deve ser consultado para evitar a interação medicamentosa.

5. Metilfolato

O L-metilfolato é a forma ativa da vitamina B9, fundamental para a manutenção da saúde. Ele está ligado a diversos processos importantes no corpo, como eliminação de toxinas; redução da homocisteína (um marcador inflamatório); melhora da cognição e do humor; desenvolvimento adequado do tubo neural do bebê durante a gestação.

Ele também é importante para a formação de hemácias, a manutenção do sistema imunológico e o processo de divisão celular. O L-metilfolato se mostra especialmente importante para a saúde da mulher e o desenvolvimento do bebê durante a gestação. Além disso, trata-se de uma vitamina fundamental para mulheres que usam anticoncepcionais.

A suplementação é contraindicada em casos de alergia. Além disso, um médico deve ser consultado para evitar a interação medicamentosa.

Por Bianca Custodia

Veja Também