Diário Logo

O Diário Logo

7 tipos de vitaminas e em quais alimentos encontrá-las

As vitaminas são nutrientes que desempenham papéis fundamentais no funcionamento adequado do corpo humano. Sem elas, diversos processos metabólicos, imunológicos e regenerativos ficariam comprometidos, afetando a saúde e o bem-estar. Cada uma delas possui funções específicas que vão desde a manutenção da visão e da pele até a formação de células sanguíneas e a proteção […]

13 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

As vitaminas são nutrientes que desempenham papéis fundamentais no funcionamento adequado do corpo humano. Sem elas, diversos processos metabólicos, imunológicos e regenerativos ficariam comprometidos, afetando a saúde e o bem-estar. Cada uma delas possui funções específicas que vão desde a manutenção da visão e da pele até a formação de células sanguíneas e a proteção contra danos oxidativos.

Nesse sentido, uma dieta balanceada, rica em frutas, legumes, verduras, grãos integrais e proteínas magras, garante a ingestão necessária dessas substâncias. Por isso, a seguir, confira 7 tipos de vitaminas, suas funções e em quais alimentos encontrá-las!

1. Vitamina A

A vitamina A possui papel fundamental no crescimento, desenvolvimento e manutenção dos ossos. Ela também fortalece o sistema imunológico e protege as células contra danos causados pelos radicais livres, que podem acelerar o envelhecimento celular. Pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal e animal, tais como:

  • Fígado;
  • Leite fortificado;
  • Ovos;
  • Mamão;
  • Melão;
  • Abacaxi;
  • Cenoura;
  • Batata-doce;
  • Espinafre;
  • Couve.

2. Vitamina E

A vitamina E ajuda a proteger as células contra os danos causados pelos radicais livres, que são moléculas instáveis produzidas pelo corpo em resposta ao estresse ambiental, como poluição e radiação ultravioleta. Além disso, auxilia no funcionamento do sistema imunológico, ajudando a combater infecções. Também é importante para a saúde da pele. Ela está presente em:

  • Óleos vegetais (óleo de girassol e óleo de gérmen de trigo);
  • Oleaginosas e sementes (nozes, amêndoas e sementes de girassol);
  • Espinafre;
  • Brócolis;
  • Abacate.

3. Vitamina C

A vitamina C é um antioxidante poderoso que ajuda na proteção das células contra danos. Ela também é essencial para a síntese de colágeno, absorção de ferro não-heme (de origem vegetal) e função imunológica.

“Os antioxidantes na dieta podem desempenhar um papel importante na prevenção do envelhecimento da pele e anexos cutâneos, pois são compostos que ajudam a proteger as células do corpo contra os danos causados pelos radicais livres, moléculas instáveis que podem causar estresse oxidativo, que está associado ao envelhecimento prematuro da pele e a uma variedade de problemas dermatológicos”, explica a nutróloga Dra. Marcella Garcez.

Os alimentos que contém vitamina C são:

  • Laranja;
  • Morango;
  • Kiwi;
  • Pimentão vermelho;
  • Brócolis;
  • Couve de Bruxelas;
  • Mamão.
alimentos com vitamina D e uma placa escrita "vitamin D"
A vitamina D é essencial para a saúde óssea, ajudando na absorção de cálcio e fortalecendo o sistema imunológico (Imagem: New Africa | Shutterstock)

4. Vitamina D

A vitamina D é crucial para a saúde óssea, pois auxilia na absorção de cálcio. Também desempenha um papel importante na função imunológica e na saúde muscular. “Nosso organismo sintetiza os precursores de vitamina D, mas precisa da exposição solar para desempenhar sua ativação, como um botão de liga e desliga”, explica Larissa Santana Silva, dermatologista e professora de Medicina da Unime. Os alimentos ricos em vitamina D são:

  • Peixes gordurosos (salmão, atum e cavala);
  • Óleo de fígado de bacalhau;
  • Gema de ovo;
  • Leite e suco de laranja fortificados;
  • Queijo.

5. Vitamina B12

A vitamina B12 é vital para a formação de glóbulos vermelhos, síntese de DNA e função neurológica adequada. “A quantidade necessária para manter bons níveis na corrente sanguínea pode variar de um indivíduo para outro, dependendo da capacidade de absorção de cada organismo (5 mcg a 20 mcg por dia). Mas claro que essa quantidade de manutenção é bem menor que a dose de correção da deficiência. A falta dessa vitamina pode levar a problemas sérios de saúde, e os sintomas podem se manifestar de maneira gradual”, esclarece Rodrigo Neves, médico pós-graduado em endocrinologia.

Os alimentos que contém esse tipo de vitamina são:

  • Carne;
  • Peixes;
  • Frutos do mar (ostras e mexilhões);
  • Leite e derivados;
  • Ovos;
  • Cereais fortificados.

6. Vitamina K

A vitamina K é necessária para a ativação de proteínas que regulam a coagulação, garantindo que o sangue coagule de forma adequada após uma lesão. Além disso, contribui para a saúde óssea, ajudando na fixação do cálcio nos ossos, o que é crucial para a prevenção de osteoporose e fraturas. Os alimentos fontes de vitamina K são:

  • Vegetais de folhas verdes (couve, espinafre e brócolis);
  • Couve de Bruxelas;
  • Couve-flor;
  • Peixe;
  • Fígado;
  • Carne;
  • Ovos.

7. Vitamina B9

A vitamina B9, também chamada de ácido fólico, é importante para a síntese e reparo do DNA, bem como para a divisão celular. Além disso, é fundamental durante a gravidez para o desenvolvimento adequado do feto.

Segundo a nutricionista Alessandra Feltre, a ingestão diária recomendada de folato para adultos é de 400 microgramas. No entanto, durante a gravidez, a necessidade aumenta, uma vez que também é essencial para o crescimento e desenvolvimento saudável do feto.

Os alimentos ricos em vitamina B9 são:

  • Folhas verdes escuras (espinafre e couve);
  • Leguminosas (feijão e lentilha);
  • Abacate;
  • Brócolis;
  • Beterraba;
  • Laranja;
  • Cereais e farinhas fortificados.
Veja Também