Diário Logo

O Diário Logo

Advogado usa até comercial de livro para manter audiências forenses online

Disposto a continuar realizando as audiências forenses online, o advogado mogiano José Beraldo ingressou junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo com um mandado de segurança preventivo, com pedido de liminar. Beraldo reivindica que lhe seja assegurado o direito de participar virtualmente de uma audiência no Fórum de Osasco, em defesa de […]

6 de outubro de 2021

Reportagem de: O Diário

Disposto a continuar realizando as audiências forenses online, o advogado mogiano José Beraldo ingressou junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo com um mandado de segurança preventivo, com pedido de liminar. Beraldo reivindica que lhe seja assegurado o direito de participar virtualmente de uma audiência no Fórum de Osasco, em defesa de seu cliente. Lá, o juiz do caso  determinou que a reunião fosse realizada de forma mista, onde somente os presos usariam o sistema remoto. O advogado justifica a solicitação para atuar online alegando ser “uma pessoa idosa, que convive com sua mãe de 92 anos, fazendo parte, portanto, do grupo de risco de contágio da Covid-19”, além de morar em Mogi, a três horas de distância do Fórum da Comarca de Osasco.

Comercial
O curioso no mandado de segurança do advogado é o fato de que, a certa altura de sua alongada justificativa, José Beraldo se utiliza de um expediente pouco comum para  tentar convencer o presidente do TJ a  aceitar seu pedido.  
Ele argumenta que seu cliente  confia “apenas na maestria e notório saber jurídico do Dr. José Beraldo para conduzir sua audiência instrutória, tendo em vista o bom nome e reputação que o mesmo ostenta no Direito Criminal, tendo inclusive, recentemente, publicado seu livro ‘Crônicas de um Criminalista’, o qual pode ser encontrado e adquirido nas melhores livrarias do País”. 
Não satisfeito, Beraldo inclui também na ação  um cartaz com a capa do livro e  indicação de que a obra pode ser comprada no site da  Amazon.  
Resta saber  se o  presidente do TJ,  a quem foi encaminhado o mandado de segurança, irá atender ao pedido do causídico e ainda encomendar a tão propagada obra…

 

Santos e os prefeitos
O vereador Edson Santos (PSD), aliado político do deputado federal Marco Bertaiolli (PSD), parece não ter gostado muito  de recente postagem do prefeito Caio Cunha (PODE) mostrando suas pretensões de mudar a Mogi dos últimos 20 anos. 
Santos também apresentou sua avaliação enaltecendo os trabalhos dos três prefeitos que antecederam o atual: Junji Abe (MDB), Marcus Melo (PSDB), além do próprio Bertaiolli. 
Fez um resumo do que cada um deles fez de positivo durante os seus mandatos. E ao chegar a vez do atual, disse: “Seu mandato iniciou este ano, com o propósito de transformar o Brasil através de Mogi. Com alguns desafios, começou a escrever sua história na cidade”.
 

Veja Também