Diário Logo

O Diário Logo

Com rajadas de vento de até 80km/h, Mogi registrou 360 ocorrências na rede elétrica

Mogi das Cruzes foi impactada por fortes ventos nesta quinta-feira (13), causando estragos e transtornos em diferentes regiões da cidade. A consessionária de energia EDP registrou até às 18 horas de ontem cerca de 360 ocorrências na rede elétrica do município, principalmente relacionadas a quedas de galhos, árvores e lançamento de objetos sobre as redes […]

14 de julho de 2023

Reportagem de: O Diário

Mogi das Cruzes foi impactada por fortes ventos nesta quinta-feira (13), causando estragos e transtornos em diferentes regiões da cidade. A consessionária de energia EDP registrou até às 18 horas de ontem cerca de 360 ocorrências na rede elétrica do município, principalmente relacionadas a quedas de galhos, árvores e lançamento de objetos sobre as redes elétricas.

O bairro do Piatã, na divisa de Mogi com Suzano, foi um dos mais afetados. Segundo relatos, a energia acabou nesta sexta-feira (14) e só retornou hoje por volta 12 horas. A assessoria da vereadore Inês Paz (Psol) disse que conversou com moradores que perderam alimentos estocados por conta da falta de energia, em uma situação de verdadeiro sufoco.  

A passagem de um ciclone extratropical na região de São Paulo tem provocado rajadas de vento de até 80km/h. A concessionária de energia elétrica diz estar empenhada no atendimento das ocorrências e reforçou seu efetivo para minimizar os impactos no sistema de distribuição de energia. Equipes técnicas adicionais foram mobilizadas para garantir maior agilidade nos reparos, em parceria com órgãos municipais e a Defesa Civil.

A prioridade de atendimento da EDP nesses casos é garantir o fornecimento de energia para locais como hospitais, postos de saúde, escolas, creches, asilos e situações que ofereçam risco à vida.

A empresa reforça o alerta à população para que evite se aproximar de cabos partidos ou fios caídos e acione a EDP por meio dos canais de atendimento disponíveis.

Além dos problemas elétricos, o vento causou danos estruturais em Mogi das Cruzes. A Defesa Civil registrou o destelhamento de uma casa na rua João José da Costa Neves Filho, durante a tarde. Equipes da Defesa Civil e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Proteção Ambiental estiveram no local para prestar atendimento e interditaram parcialmente o imóvel.

Também foram relatadas ocorrências de quedas de galhos de grande porte em áreas como Ponte Grande, Mogilar, Vila Natal, Vila Brasileira e Centro. As equipes de resposta rápida da Defesa Civil e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente foram acionadas para lidar com essas situações, mas até a tarde desta sexta-feira não há informações sobre feridos.

Além dos danos estruturais e elétricos, a ventania afetou o fornecimento de água na Vila Oliveira. A queda de energia provocou a paralisação da estação de captação de água do Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae) no rio Tietê por aproximadamente uma hora e meia. Para evitar que o nível do reservatório da Vila Natal fosse comprometido, a autarquia precisou desligar temporariamente a estação de bombeamento da Vila Oliveira, afetando o abastecimento de água no bairro. O Semae estima religar a estação às 20h e espera que o abastecimento seja normalizado ao longo da noite.

A Defesa Civil do Estado havia alertado sobre a chegada de um ciclone extratropical à região.

Um aspecto particular desse fenômeno é que as temperaturas mais baixas serão registradas no final da noite, podendo atingir cerca de 14°C.

A Defesa Civil do Estado manteve o alerta para uma queda significativa de temperatura, com formação de geada em pontos isolados, até  domingo (16) em todo o estado de São Paulo.

A população de Mogi das Cruzes pode entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199. 

Evento cancelado

O evento Retratos de Bertioga, marcado para acontecer neste final de semana, será adiado. A Secretaria de Turismo e Cultura informou em nota que por conta do alerta da Defesa Civil sobre os ventos fortes, que podem chegar a 100 km/h, a programação será remarcada e a nova data será divulgada em breve.

Pelo mesmo motivo o Forte São João e Parque dos Tupiniquins ficam fechados neste final de semana. 

 

Veja Também