Diário Logo

O Diário Logo

Guararema vai oferecer aprendizado de Braille a crianças com deficiência visual

Com o objetivo de promover o aprendizado do Sistema Braille de forma lúdica às crianças do município, a Prefeitura de Guararema, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fechou parceria com a Fundação Dorina Nowill para Cegos. A parceria vai garantir às escolas municipais que atendem crianças com deficiência visual, o recebimento do brinquedo Lego […]

9 de março de 2022

Reportagem de: O Diário

Com o objetivo de promover o aprendizado do Sistema Braille de forma lúdica às crianças do município, a Prefeitura de Guararema, por meio da Secretaria Municipal de Educação, fechou parceria com a Fundação Dorina Nowill para Cegos.

A parceria vai garantir às escolas municipais que atendem crianças com deficiência visual, o recebimento do brinquedo Lego Braille Bricks, parte do Programa Braille Bricks Brasil, que utiliza peças de Lego customizadas para o braille, com o propósito de alfabetizar crianças com ou sem deficiência visual.

Com a utilização dos Braille Bricks, blocos de Lego adaptados para que os pontos em relevo representem letras ou números do alfabeto braille, as crianças entre 4 a 10 anos aprendem brincando, construindo palavras e frases de forma mais interessante e divertida.

“A iniciativa é mais um passo para a manutenção de uma Educação Inclusiva em Guararema, garantindo a equidade e o acesso a um Ensino de qualidade, em que as crianças com deficiência visual podem aprender e sonhar como todas as outras, pois a maior autonomia é a alfabetização”, explica a Secretária Municipal de Educação, Clara Assumpção Eroles Freire Nunes. “Além do recurso pedagógico, o Programa, que é internacionalmente conhecido, oferece formação para os profissionais envolvidos no processo de alfabetização das crianças, sem custos para a municipalidade, conjunto muito valioso a toda a comunidade escolar”, completa a titular da Pasta.

A partir do mês de abril, cerca de 50 profissionais da Secretaria Municipal de Educação participarão de um curso de formação a distância, com especialistas em deficiência visual da Fundação Dorina Nowill para Cegos e Professores da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), com duração de 100 horas.

Veja Também