Diário Logo

O Diário Logo

Caio Cunha diz que obras na ‘Rotatória do Habib’s’ devem começar em agosto

Anúncio ocorreu em evento de inauguração do Polo de Inovação e Projetos Avançados, na manhã desta sexta-feira (07/06); prefeitura prevê investimento na casa dos R$ 5 milhões

7 de junho de 2024

Trecho gera trânsito em horários de pico na região | Reprodução Redes Sociais

Reportagem de: Fabio Pereira

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode), anunciou que a Praça Kazuo Kimura, conhecida como “Rotatória do Habib’s”, no Mogilar, entrará novamente em processo de licitação para execução e início das obras, que, segundo ele, devem começar em agosto. A informação foi confirmada durante a entrevista coletiva da entrega do Polo de Inovação e Projetos Avançados, o Pipa HUB, na manhã desta sexta-feira (07/06). 

O Diário chegou a questionar, em maio, a administração municipal acerca do andamento das obras no local. Em nota, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que o investimento previsto é de R$ 5 milhões. Na ocasião, também foi informado que o início das melhorias viárias nesta região deve começar no segundo semestre.

O trecho é um dos mais acessados por veículos de passeio, transporte de passageiros, entre outros, possibilitando o acesso aos bairros Rodeio, Mogilar e Centro Cívico. A lentidão costuma ser ainda mais complicada em períodos específicos, como as festividades do final do ano e, até mesmo os horários de pico, com uma concentração maior de carros, entre 17h e 18h. 

“Estamos trabalhando muito para terminar a tão sonhada e desejada retirada da ‘Rotatória do Habib’s’, que está entrando novamente em um processo de licitação. Houve um problema no edital e, ainda esse mês, a gente assina. Acreditamos que a obra comece lá para agosto, talvez, alguma coisa do tipo”, comentou o chefe do Executivo mogiano“.

Novos desdobramentos

A Secretaria de Comunicação Social de Mogi das Cruzes enviou, na manhã desta terça-feira (11), novas informações sobre o trâmite da rotatória. Confira abaixo:

“O projeto para a transformação da atual rotatória em um complexo viário estava prevista para ser iniciada em 2023, pela empresa Atlântica, concessionária responsável pelo Terminal Rodoviário Geraldo Scavone. A obra seria custeada integralmente pela empresa como forma de contrapartida para melhoria de mobilidade, em razão da instalação de duas empresas na área do terminal.

A primeira etapa para a viabilização do projeto foi realizada pela Prefeitura entre 2021 e 2022, com a abertura da nova via que ligará a rua Professor Ismael Alves dos Santos à avenida Yoshiteru Onishi.

Foram desenvolvidos estudos de viabilidade técnica, de impacto viário, bem como contagens e simulações computadorizadas sobre o trânsito no local e seu entorno para que o projeto do novo complexo viário pudesse ser desenvolvido. Todas as licenças necessárias foram obtidas, assim como a outorga do DAEE para a realização das obras de transposição sobre o córrego Lavapés.

Em março de 2023, o início das obras pela concessionária Atlântica foi autorizado. A previsão era de que o complexo viário estivesse totalmente implantado em 2024. No entanto, uma ação judicial impetrada por um advogado da cidade impediu o início das obras, travando o benefício para a população e a melhoria da mobilidade urbana daquela região da cidade, sem custo para os cofres públicos.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes cumpriu todos os trâmites necessários (desde a elaboração de projetos, passando por autorizações ambientais e chegando na execução da primeira etapa de serviços) e as obras só não foram iniciadas devido a uma ação judicial, que continua sendo discutida.

Com esta situação e buscando a implementação de um projeto que trará melhorias significativas para as pessoas que atualmente têm problemas com os congestionamentos da avenida Francisco Rodrigues Filho, a Prefeitura de Mogi das Cruzes passou a adotar as medidas para que a obra seja realizada com recursos municipais. Para isso, foi necessário a elaboração documental para a abertura do processo de licitação, certame este que foi iniciado em 2024 e está em andamento, conforme explicou o prefeito Caio Cunha.

De acordo com o projeto para a região da praça Kazuo Kimura, a rotatória existente atualmente será transformada em um cruzamento com semáforos. As conversões à esquerda para os veículos que circulam pela avenida Francisco Rodrigues Filho e desejam acessar as avenidas Manoel Bezerra de Lima Filho e Yoshiteru Onishi serão proibidas. Estes movimentos de tráfego serão possíveis com a utilização da nova via que liga a rua Professor Ismael Alves dos Santos e a avenida Yoshiteru Onishi.

Outra opção será a transposição do córrego Lavapés que será construída na altura da rua Newton Straube e permitirá a saída de veículos da Vila Nova Mogilar pela avenida Yoshiteru Onishi em direção ao Centro Cívico. Uma outra transposição será construída na altura da nova via já construída e será utilizada pelos motoristas que desejam seguir para a região da Vila Nova Mogilar ou para as proximidades da Fatec.

Para facilitar a mobilidade dos moradores dos condomínios localizados na pista marginal da avenida Francisco Rodrigues Filho, o canteiro na altura do cruzamento com a avenida Antonio de Almeida será aberto, permitindo o acesso direto sem que os veículos precisem passar pela região da rotatória.”

Veja Também