Diário Logo

O Diário Logo

Mogi prepara alternativas para o tráfego antes das obras na rotatória

Rotatória irá receber alterações por conta dos fluxo de veículos e trânsito intenso

15 de abril de 2023

Rotatória do Habib's | Reprodução

Reportagem de: O Diário

A Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes  continua acelerando o andamento dos trabalhos para as intervenções radicais que deverão ocorrer na praça Kazuo Kimura, mais conhecida como “rotatória do Habib’s, visando melhorar as condições do trânsito nas proximidades, especialmente no trecho da avenida Francisco Rodrigues Filho que segue até o distrito de César de Souza, constantemente congestionado.
Antes das mudanças na estrutura da rotatória, a consultora de Mobilidade Urbana da Prefeitura, Cristiane Ayres, quer executar pequenas obras no entorno, que ajudarão na fluidez do tráfego de veículos durante a fase mais aguda das alterações.

Dentro de seu cronograma, até o próximo mês de julho, duas pontes serão colocadas sobre o córrego Lavapés, na avenida Yoshiteru Onishi para oferecer novas opções de mobilidade aos motoristas.

Segundo ela, a demora na instalação das passagens se deve aos cuidados com a elaboração das estruturas e com os estudos para avaliar as condições do solo nos pontos onde serão instaladas.

A primeira delas deverá fazer com que a rua Newton Straube, localizada junto aos prédios da Damebe, avance sobre a avenida Yoshiteru Onishi, para facilitar o acesso a uma das alças da rotatória.

A outra, alguns metros à frente, vai interligar a avenida a uma nova via, recentemente aberta no terreno pertencente à família Simões, onde está sendo implantado um grande projeto habitacional.

Esse novo trajeto será interligado à rua Professor Ismael Alves dos Santos – que passa entre os ginásios de esportes e o campus do Centro Universitário Braz Cubas.

Essas opções funcionarão de maneira provisória, durante as obras na rotatória, buscando abrir opções para o tráfego e evitar o colapso total naquela região da cidade.

Tão logo as pontes, que estão sendo produzidas em material pré-moldado, estiverem instaladas, será criada outra alternativa para evitar a presença de mais carros na região da rotatória que estará em obras: a avenida Antonio de Almeida será estendida até a avenida Francisco Rodrigues Filho, onde deverá ser aberta uma passagem no canteiro central para dar acesso direto aos prédios habitacionais localizados ao lado do Supermercados Alabarce.

O trânsito será controlado por semáforos.

Junto com isso, virá um sistema de sinalização provisória para orientar os motoristas durante as obras. Só depois de tudo isso concretizado é que serão iniciadas as modificações estruturais na rotatória.

“Trata-se de um plano operacional extremamente importante para não parar aquela região da cidade durante o tempo em que a rotatória estiver sendo modificada. Nossa intenção é repetir nesta obra, o mesmo sistema adotado na mudança da rotatória da avenida José Meloni, também no Mogilar: nunca interditamos tudo de uma só vez. Vamos trabalhar primeiro em uma faixa de tráfego, mantendo a outra livre; em seguida, invertemos o sistema, mas nunca impedindo totalmente a passagem de veículos. É claro que mesmo assim ainda haverá dificuldades para os motoristas, especialmente nos horários de pico, onde o movimento é, normalmente, muito intenso”, prevê Cristiane.
As alterações finais e definitivas no trânsito deverão obedecer a um detalhado estudo realizado pela empresa Tranzum, que levantou dados sobre o movimento de veículos naquela região da cidade, em cada dia da semana. As informações foram usadas pelos técnicos para uma simulação, em computador, sobre como deverá se comportar o trânsito naquela região, após todas as alterações no sistema viário.

Após as obras

Acompanhe como deverá se comportar o trânsito após as intervenções mais radicais na atual rotatória, com indicações sobre os vários caminhos a serem seguidos pelos motoristas

Veja Também