Diário Logo

O Diário Logo

GCM apreende dois veículos irregulares e impede tumulto em Suzano

Os grupamentos especializados da Guarda Civil Municipal (GCM) seguem com patrulhamentos preventivos por toda a cidade. Nos últimos dias, as equipes foram responsáveis pela apreensão de dois veículos, um em condições irregulares e outro que havia sido roubado. Além destes casos, eles também dispersaram um grande tumulto no Jardim Casa Branca, com música alta e […]

16 de fevereiro de 2022

Reportagem de: O Diário

Os grupamentos especializados da Guarda Civil Municipal (GCM) seguem com patrulhamentos preventivos por toda a cidade. Nos últimos dias, as equipes foram responsáveis pela apreensão de dois veículos, um em condições irregulares e outro que havia sido roubado. Além destes casos, eles também dispersaram um grande tumulto no Jardim Casa Branca, com música alta e via parcialmente interditada, que perturbava o sossego dos moradores.

Nesta segunda-feira (14), a Ronda Ostensiva Motorizada (Romo) estava em patrulhamento pela Cidade Boa Vista. Eles avistaram um veículo abandonado quando circulavam próximos à rua José Silva Machado. O que chamou a atenção dos guardas foi que um dos vidros, do lado do passageiro, estava quebrado. Ao averiguar as numerações de placa e de chassi, descobriram que se tratava de um produto de roubo, tomado de seu proprietário na última sexta-feira (11/02). O automóvel foi guinchado para o 2º Distrito de Polícia (DP) do Boa Vista e seu dono foi acionado para a restituição do bem.

Já no domingo (13/02), uma ação conjunta da Romo com a Ronda Ostensiva Municipal (Romu) resultou na apreensão de uma motocicleta irregular na estrada dos Fernandes. O veículo estava em mal estado de conservação e com funcionamento prejudicado, infringindo a legislação de trânsito. Quando questionado sobre as documentações obrigatórias, o condutor alegou que não era habilitado para dirigir. O indivíduo foi levado ao DP Central para prestar os devidos esclarecimentos.

O secretário municipal de Segurança Cidadã, Elias Marques de Lima, reforçou que estas rondas de rotina acontecem diariamente por todos os bairros da cidade. A medida é feita para garantir a presença da corporação pelos quatro cantos da cidade e, com isso, coibir a criminalidade e qualquer tipo de irregularidade. “Os patrulhamentos têm trazido resultados extremamente positivos para a segurança do município e dos moradores. Com isso, estamos sempre próximos das casas e à disposição para atender qualquer denúncia ou ocorrência em andamento”, disse.

Nesta mesma data, por volta de 18h50, a Romu foi acionada por moradores que reclamaram sobre um tumulto com música alta na estrada dos Fernandes, em trecho do Jardim Casa Branca. Ao chegarem no endereço, próximo a uma adega, encontraram a via parcialmente interditada, com grande aglomeração de pessoas e desrespeitando os níveis de volume permitidos pela legislação, o que foi identificado como perturbação do sossego. Quando se aproximaram, os agentes foram recebidos a pedradas, sem respostas para a tentativa de diálogo. Diante deste cenário, as equipes dispersaram o tumulto, sem prejuízos físicos ou materiais. A ação contou com apoio da Romo.

Sobre o caso, a comandante da GCM, Rosemary Caxito, lembrou que a Lei Complementar nº 256/2014, que regulamenta o assunto, dispõe que a perturbação do sossego não se dá apenas a partir das 22 horas. “É preciso obedecer aos níveis máximos de sons estipulados para cada horário do dia, sendo que pela manhã a emissão dos ruídos pode chegar a 70 decibéis (dB), decaindo para 60 dB à tarde, 50 dB no período noturno e 45 dB a partir da meia-noite. Descumprir estes termos configura irregularidade e prejudica o bem-estar das pessoas das redondezas, tanto de moradores como de quem transita pelo local”, concluiu.

Veja Também