Diário Logo

O Diário Logo

Temporal derruba muro em Suzano; não houve vítima

Um muro com cerca de 4 metros de altura de um imóvel particular na rua Paraná, na região central de Suzano, despencou durante o temporal que atingiu a cidade na tarde desta quarta-feira (8). Destroços atingiram um carro. Não houve vítimas. A área foi isolada pela Defesa Civil da cidade.  O muro atingiu um poste e […]

8 de março de 2023

Reportagem de: O Diário

Um muro com cerca de 4 metros de altura de um imóvel particular na rua Paraná, na região central de Suzano, despencou durante o temporal que atingiu a cidade na tarde desta quarta-feira (8). Destroços atingiram um carro. Não houve vítimas. A área foi isolada pela Defesa Civil da cidade. 

O muro atingiu um poste e fios, afetando a energia na rua. VEJA VÍDEO

O local está sendo monitorado pelas equipes das secretarias de Transporte e Mobilidade Urbana e de Segurança Cidadã, por meio da Defesa Civil.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros também acompanham a ocorrência. Segundo a Prefeitura, a EDP, empresa responsável pelo fornecimento de energia elétrica, já foi acionada.

Em nota encaminhada a O Diário, a Prefeitura de Suzano reforça que” todas as frentes necessárias foram convocadas para os demais atendimentos, inclusive a Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, para a retirada dos destroços da estrutura sobre a rua e as calçadas”. A Administração recomenda à população evitar a área até que o trânsito seja normalizado totalmente.

Em Mogi

Em Mogi das Cruzes, pelo menos até as 18h30 desta quarta-feira (8), a Defesa Civil não havia registrado chamados referentes à chuva que caiu durante a tarde. “É de extrema importância destacar que, em caso de ocorrência, os moradores liguem para a Defesa Civil e informem problemas com alagamentos, deslizamentos e desmoronamentos para que as necessidades sejam atendidas. O telefone da Defesa Civil é o 199”, trouxe nota enviada pela Prefeitura, após ser procurada por O Diário.

Como se prevenir

A Defesa Civil de São Paulo dá dica para se prevenir durante temporais. Tempestades são marcadas por ventos fortes e intensa precipitação. São características do verão, podendo vir acompanhadas de trovoadas e raios, que são uma das principais causas de lesões e morte devido a riscos relacionados ao clima.

Os raios são mais comuns no verão, mas podem ocorrer no inverno e, ao contrário do que muitos pensam, podem cair duas ou mais vezes no mesmo lugar, normalmente atingindo o objeto mais alto de um determinado local.

Já as chuvas de granizo acontecem devido à queda brusca de temperatura, responsável pela formação de pedras de gelo no interior das nuvens.

O que fazer antes:

Conheça o risco da sua região para tempestades. Na maioria dos lugares, elas podem ocorrer durante todo o ano e a qualquer hora;
Conclua construções mal-acabadas;

Evite cobrir edificações com telhas de zinco, pois são danificadas mais facilmente pelas chuvas;

Faça manutenção no madeiramento do telhado, para não ocorrer destelhamento em razão de chuvas;

Considere comprar para-raios ou um sistema contra raios para proteger sua casa, eletrodomésticos e dispositivos eletrônicos;
Preste atenção aos boletins meteorológicos e avisos de tempestades. Esteja pronto para alterar seus planos e, se necessário, estar perto de abrigo;

Ao ser noticiado sobre chuva de granizo, deixe o veículo em local coberto, para evitar danos na lataria e nos vidros;
Durante esses eventos, podem ocorrer congestionamentos no trânsito, alagamentos, quedas de árvores, interrupção na rede elétrica, destelhamentos e danos às plantações.

 

Veja Também