Diário Logo

O Diário Logo

Dupla é presa após invadir casa e furtar pertences de morador em Santa Isabel

Um dos suspeitos pulou o muro da residência e entrou pela porta da sala às 2h da manhã; homens foram encontrados com bolsas, celulares, uma máquina fotográfica, entre outros objetos

27 de junho de 2024

Residência estava equipada com câmeras de segurança que registraram o crime | Polícia Militar

Reportagem de: Ana Lívia Terribille

Dois homens foram presos em Santa Isabel após cometerem furto qualificado em uma residência. O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (27).

Após serem localizados, os policiais encontraram com a dupla uma bolsa feminina contendo documentos pessoais, dois celulares, uma mochila com uma câmera fotográfica da marca Nikon, uma carteira e uma bolsa pequena.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) alertou os policiais sobre o furto qualificado em uma residência, por volta das 2h da manhã, em Biritiba Mirim. Os PMs foram até o local e encontraram a vítima, cuja casa havia sido invadida.

O morador informou aos policiais que um suspeito pulou o portão de sua casa e entrou pela porta da sala, que estava aberta, furtando alguns de seus pertences antes de fugir.

A residência estava equipada com câmeras de segurança que registraram o crime. Os policiais acessaram as imagens e obtiveram as características dos suspeitos, iniciando então a busca.

Pouco depois, os PMs identificaram os suspeitos na Rua Dr. Pedro Toledo, no centro da cidade, e conseguiram detê-los, recuperando os pertences da vítima.

Um dos suspeitos portava uma bolsa feminina com documentos pessoais, dois celulares e uma mochila com uma câmera fotográfica Nikon. O outro indivíduo estava com uma carteira e uma bolsa menor. A vítima compareceu ao local da abordagem e reconheceu seus objetos.

Os homens foram detidos e, devido à resistência, foi necessário o uso de algemas para conduzi-los à delegacia.

Na unidade policial, os suspeitos e a vítima do furto foram apresentados ao delegado, que ratificou a voz de prisão e determinou a elaboração do Registro Digital de Ocorrência (RDO) por furto qualificado. Eles permanecem à disposição da justiça.

A ocorrência segue em andamento.

Veja Também