Diário Logo

Notizia Logo

Bauducco, Aica, TR Flan… Como estão as empresas que deveriam vir para Mogi?

A vinda das novas empresas para Mogi das Cruzes, conforme anúncios feitos pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Pedro Komura, está caminhando dentro dos prazos previamente estabelecidos, durante os encontros com autoridades do município. Enquanto algumas avançam mais rapidamente com os respectivos processos de transferência ou instalação em áreas do município, outras ainda enfrentam […]

5 de abril de 2023

Reportagem de: O Diário

A vinda das novas empresas para Mogi das Cruzes, conforme anúncios feitos pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Pedro Komura, está caminhando dentro dos prazos previamente estabelecidos, durante os encontros com autoridades do município.

Enquanto algumas avançam mais rapidamente com os respectivos processos de transferência ou instalação em áreas do município, outras ainda enfrentam algumas deficiências estruturais de setores da cidade, como o de distribuição de energia elétrica, ou a burocracia oficial, que provoca a demora na expedição de certidões ou até vistorias necessárias para que as empresas possam começar a fabricar seus produtos na cidade. A seguir, um balanço da situação das principais empresas,feito com base em informações do secretário Komura:

Bauducco – A empresa do Grupo Pandurata, que irá ocupar as antigas instalações da Freskito, num terreno 14.404 m² com 9.957 m² de área construída, na região do bairro de Vila Industrial, pretendia, segundo Komura, iniciar a produção no início da primeira semana deste mês de abril, o que não aconteceu porque a unidade industrial dependia ainda de uma vistoria a ser feita em suas instalações pelos técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). O secretário disse que estava se empenhando junto ao órgão estadual para que a vistoria acontecesse “mais rápido possível”.

Aica – A Agro Indústria de Conservas Alimentícias (Aica), produtora de cogumelos e outros produtos alimentícios em conservas, fundada em Mogi por integrantes da tradicional família Neguishi, acabou levando sua sede para Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, no estado do Paraná. De volta a Mogi, a Aica deverá dividir com a fábrica de carrocerias Garcia, no bairro do Rodeio, um galpão de 5 mil m², dos quais, 2 mil m² serão utilizados pela indústria alimentícia. A empresa desejava, segundo Komura, antecipar o prazo de instalação, inicialmente previsto para o final do mês de maio, mas as obras de adaptação na estrutura do galpão enfrentaram algumas dificuldades. A previsão é de tudo fique pronto até o final deste mês, devendo ocupar 50 funcionários.

TR Flan – Outra empresa criada em Mogi das Cruzes, mas que havia se transferido para Guarulhos, está voltando para ocupar um galpão localizado na altura do loteamento Capelinha, na ligação rodoviária Mogi-Dutra. A fábrica de flanges (elemento que une dois componentes de um sistema de tubulações, permitindo ser desmontado sem operações destrutivas), além de tubos e conexões, válvulas e acessórios para tubulação, destinados aos setores petroquímicos, químico, farmacêutico, papel e celulose, minerador, siderúrgico, naval e automobilístico, entre outros, já iniciou a transferência de seus equipamentos. Porém, enfrenta um sério problema de infraestrutura. Para que suas máquinas possam funcionar a todo vapor, a EDP, terá de aumentar a capacidade de distribuição de energia para a unidade, já que o transformador que serve à indústria estaria abaixo das especificações exigidas pelos equipamentos. A empresa, quando estiver operando plenamente,  espera ultrapassar os 100 empregos.

NEO BPO – Criada a partir da divisão dos negócios da Tivit, uma das maiores empresas brasileiras de serviços de tecnologia, para atender de forma especializada serviços de atendimento automatizado de clientes, conhecida como BPO, passará a cuidar, a partir desta quarta-feira (5), do atendimento de todos os serviços 0800 da EDP, empresa distribuidora de energia elétrica para as regiões do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Os serviços estarão concentrados na sede da Neo BPO, no distrito de César de Souza e darão empregos a 600 pessoas que foram treinadas com apoio do projeto Crescer, da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes. O prefeito Caio Cunha (PODE) estará presente ao lançamento do novo serviço em operação na cidade.

Veja Também