Diário Logo

O Diário Logo

Polícia prende suspeito de liderar quadrilha que roubou casa do padre Alessandro Campos

Homem trabalhava como pedreiro na casa da vítima; ele estava foragido e com prisão decretada

10 de abril de 2024

1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes | Vitor Gianluca

Reportagem de: Fabricio Mello

A Polícia Civil prendeu, na manhã de hoje (10), o suspeito de liderar a quadrilha que invadiu e roubou a casa do padre Alessandro Campos, conhecido como “Padre Sertanejo”. O indivíduo trabalhava como pedreiro na casa da vítima, estava foragido e com prisão decretada.

Ele é o quarto suspeito de ter participado do crime a ser preso. Além dele, uma mulher e outros dois homens já foram capturados pela polícia. Na investigação, um total de seis pessoas foram identificadas pelos agentes.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que a prisão faz parte da ‘Operação 02’, que cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão contra os suspeitos envolvidos no caso. A SSP também afirmou que “mais detalhes serão fornecidos ao término dos trabalhos de campo”.

Por enquanto, só uma pessoa foi presa durante a operação.

Relembre o caso

No dia 28 de fevereiro, cinco homens armados invadiram a casa do padre Alessandro Campos. Eles fizeram a mãe e o padrasto da vítima de reféns e roubaram jóias, relógios, roupas e cerca de R$ 16 mil.

O padre Alessandro Campos chegou a publicar um vídeo contando sobre o caso e expressando sua indignação com a situação. Assista a seguir: 

No começo do mês de março, a polícia havia identificado parte dos suspeitos envolvidos no caso. Em entrevista ao O Diário, o delegado Francisco Del Poente, responsável pelo caso, comentou sobre o andamento das investigações. Veja a entrevista:

Veja Também