Diário Logo

O Diário Logo

Prefeitura inicia obras de construção do novo complexo viário na “Rotatória do Habib’s”

O início das obras será nesta quinta-feira (4), com a preparação e o início das intervenções no local, como a colocação dos tapumes, retirada das árvores

3 de julho de 2024

Secretário de Infraestrutura, Alessandro Silveira e prefeito Caio Cunha (Pode) discutem projeto e mudanças | Vitor Gianluca.

Reportagem de: Vitor Gianluca

A Prefeitura de Mogi das Cruzes assinou, nesta quarta-feira (3), a ordem de serviço que oficializa a retirada da praça Kazuo Kimura, popularmente conhecida como “rotatória do Habib’s”. A previsão para a conclusão da obra é de seis meses, e o investimento de cerca de R$ 6 milhões será da própria administração. Confira as mudanças previstas no trecho para os próximos meses.

Motivo de transtorno para os mogianos, a rotatória do Habib’s é um dos principais pontos de trânsito intenso da cidade, recebendo cerca de 90 mil veículos por dia. O trecho é um dos mais acessados por veículos de passeio, transporte de passageiros, entre outros, possibilitando o acesso aos bairros Rodeio, Mogilar e Centro Cívico.

A prefeitura assinou o contrato e apresentou o projeto das obras, que prevê a instalação de um cruzamento no local da rotatória, e de duas pontes sobre o córrego Lavapés, localizado na avenida Yoshiteru Onishi. Segundo o Secretário de Infraestrutura, Alessandro Silveira, o investimento previsto para a conclusão das obras citadas é de R$ 5.948.827,74, onde serão utilizados recursos públicos para a conclusão.

Desenho do projeto apresentado durante a assinatura | Vitor Gianluca.
Desenho do projeto apresentado durante a assinatura | Vitor Gianluca.

A rotatória da praça Kazuo Kimura será transformada em um cruzamento com semáforos. As conversões à esquerda para os veículos que circulam pela avenida Francisco Rodrigues Filho e desejam acessar as avenidas Manoel Bezerra de Lima Filho e Yoshiteru Onishi serão proibidas. Estes movimentos de tráfego serão possíveis com a utilização da nova via que liga a rua Professor Ismael Alves dos Santos e a avenida Yoshiteru Onishi.

Ordem de serviço assinada

Para a elaboração do projeto, foram desenvolvidos estudos de viabilidade técnica, de impacto viário, bem como contagens e simulações computadorizadas sobre o trânsito no local e seu entorno para que o projeto do novo complexo viário pudesse ser desenvolvido. Todas as licenças necessárias foram obtidas, assim como a outorga do DAEE para a realização das obras de transposição sobre o córrego Lavapés.

Nesta quarta (3), a ordem de serviço para o início das obras foi assinado pelo prefeito Caio Cunha (Pode), pelo Secretário de Infraestrutura Alessandro Silveira e pela empresa responsável pelo serviço.

“O início das obras é muito significativo pelo impacto positivo para o trânsito e pelo símbolo que ela representa. Atualmente, as pessoas que vêm da Região Nordeste da cidade, como bairros do Rodeio, Vila Nova Mogilar e Cezar de Souza perdem de 25 a 40 minutos no trânsito em um curto espaço. A obra vai trazer melhoria para a mobilidade urbana e para a vida das pessoas”, disse o prefeito Caio Cunha.

O início das obras será nesta quinta-feira (4), com a preparação e o início das intervenções no local, como a colocação dos tapumes, retirada das árvores que serão transplantadas para outros pontos da cidade.

“A obra não vai afetar o trânsito de imediato porque os trabalhos começarão a ser feitos no interior da rotatória. Todas as intervenções serão planejadas sempre buscando minimizar o impacto na circulação de veículos”, completou o prefeito, ao lado do secretário municipal de Infraestrutura Urbana, Alessandro Silveira, e da secretária municipal de Mobilidade Urbana, Miriam Benites.

Prefeito Caio Cunha assina ordem de serviço da rotatória do Habib's | Vitor Gianluca.
Prefeito Caio Cunha assina ordem de serviço da rotatória do Habib’s | Vitor Gianluca.

Com o prazo relativamente curto, Alessandro Silveira informa que os estágios da obra serão realizados de forma simultânea. “A rotatória vai ser fechada no entorno com tapume e iremos trabalhar todas as intervenções e a requalificação viária internamente. Quando a requalificação estiver pronta, nós iremos retirar os tapumes e fazer a conexão com a malha viária já existente. Nós temos a confecção de duas pontes, na qual serão executadas todas as vigas longitudinais, que darão suporte para receber as novas malhas viárias (pontes)”, diz Silveira.

“A partir de amanhã, a gente começa a fechar com os tapumes e a retirada das árvores, sendo transportada para o nosso viveiro. As interferências cadastrais das concessionárias Comgás, Semae, EDP, todas elas. Depois, iremos passar fase a fase, até chegarmos na requalificação viária”, afirma. Confira a explicação do secretário na íntegra.

Histórico

A obra que seria realizada por meio de concessão com investimento privado, será custeada com recursos públicos. O primeiro projeto para a transformação da rotatória em um complexo viário estava previsto para 2023, pela empresa Atlântica, concessionária responsável pelo Terminal Rodoviário Geraldo Scavone. Naquele momento, a obra seria custeada integralmente pela empresa como forma de contrapartida para melhoria de mobilidade, em razão da instalação de duas empresas na área do terminal.

Em março de 2023, o início das obras pela concessionária Atlântica foi autorizado. A previsão era de que o complexo viário estivesse totalmente implantado em 2024. No entanto, uma ação judicial impetrada por um advogado da cidade impediu o início das obras, travando o benefício para a população e a melhoria da mobilidade urbana daquela região da cidade, sem custo para os cofres públicos.

Sobre a obra da “rotatória do Habib’s”

Veja Também