Diário Logo

O Diário Logo

CPTM volta atrás e mantém loop entre Suzano e Luz na Linha 11-Coral

Estratégia deve continuar até que um equipamento seja trocado na estação Braz Cubas; previsão é de 30 a 45 dias, segundo a operadora

15 de abril de 2024

Linha 11-Coral opera com três loops diferentes: Guaianases, Suzano e Estudantes | Reprodução

Reportagem de: Fabricio Mello

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) divulgou que manterá a estratégia operacional na Linha 11-Coral, que atende a região do Alto Tietê, com o loop entre as estações Luz e Suzano nos horários de pico da manhã e tarde. Segundo a operadora, a estratégia é necessária até que um dos transformadores da estação Braz Cubas seja trocado.

Na nota divulgada pela CPTM, a companhia explica que o transformador pesa 18 toneladas e tem capacidade para cerca de 10 mil litros de óleo, sendo o responsável por prover 3MW (Megawatt) de potência e energia para os trens. 

O tempo estimado para preparar o transformador para que entre em funcionamento e possibilite a troca do equipamento é de 30 a 45 dias. 

O fim da estratégia já foi adiado duas vezes pela CPTM e é uma mudança muito aguardada pelos moradores do Alto Tietê. O assunto já chegou a pautar uma sessão na Câmara de Mogi das Cruzes e a equipe do O Diário levantou as reclamações dos passageiros que utilizam a composição.

Estratégia atual

Segundo a CPTM, a estratégia segue até que o transformador de Braz Cubas seja trocado. Os trens que partem da estação Luz estarão sinalizados com o destino – podendo ser Guaianases, Suzano ou Estudantes. A nota da CPTM afirma que isso “permite que os passageiros identifiquem a composição que atende sua viagem” e “anula a necessidade de uma baldeação”..

Veja Também