Diário Logo

O Diário Logo

Trens devem manter paradas em Suzano por, pelo menos, mais duas semanas

Caso a companhia cumpra o prazo estipulado, fim de loop deve acontecer até o fim deste mês

15 de maio de 2024

Fim da baldeação em Suzano estava previsto, inicialmente, para o dia 10 de abril | Fabio Pereira - O Diário

Reportagem de: Fabricio Mello

Há um mês, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) informou que o fim das paradas em Suzano, conhecido como loop, precisaria ser adiado para que um transformador da estação Braz Cubas fosse trocado. Na época, a previsão era de que a troca seria feita “de 30 a 45 dias”.

Os 30 dias completam hoje, ou seja, no melhor cenário a situação só deverá ser resolvida no prazo máximo estipulado pela CPTM.

A redação do O Diário entrou em contato com a companhia para conferir o andamento da troca e, segundo informado, ainda não há novidades sobre a troca ou o fim do loop – que deve durar por, pelo menos, mais duas semanas.

O fim do loop em Suzano é aguardado e cobrado pelos usuários da Linha 11-Coral que viajam entre a estação Estudantes e a estação Luz. Conforme apurado pelo O Diário, trechos que eram feitos em poucos minutos, com o loop, passaram a levar horas para serem completos.

Com a cobrança dos moradores e autoridades de Mogi das Cruzes, a CPTM chegou a adotar duas explicações diferentes para justificar as paradas em Suzano.

LEIA TAMBÉM:

Caso o prazo inicial informado pela operadora seja cumprido, o fim do loop em Suzano deve acontecer até o dia 30 deste mês, quando a troca do transformador da estação Braz Cubas completará os 45 dias. 

Veja Também