Diário Logo

O Diário Logo

Loop em Suzano e promessa de trem até César de Souza; como está o transporte em Mogi?

Mogianos, enquanto esperam pelo trem até o distrito de César de Souza, sofrem com baldeação em Suzano; superlotação e demora são reclamações

21 de maio de 2024

Trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) | Divulgação

Reportagem de: Fabio Pereira

Desde o anúncio feito em 14 de março pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), André do Prado, os mogianos seguem aguardando por novidades em relação à extensão da Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) até o distrito de César de Souza. 

Contudo, apesar da notícia benéfica aos moradores locais, as paradas realizadas em Suzano incomodam muitos usuários que utilizam os serviços de transporte ferroviário oferecidos pela companhia. Um morador da cidade, por exemplo, relata que chegou a registrar 15 reclamações sobre o assunto, desde o início deste ano, por meio do canal “Fale Conosco – Ouvidoria” no site oficial da CPTM. 

Em abril, a equipe de O Diário entrevistou outras duas pessoas que, na ocasião, também se mostraram insatisfeitas com a medida. Segundo a advogada Júlia Cunha, de 24 anos, o loop em Suzano faz com que o trajeto de volta para casa aumente 40 minutos

Vale destacar que a CPTM chegou a anunciar duas vezes o fim da baldeação na Estação Suzano, decisão que foi adiada devido à manutenção executada na falha do sistema de energia da subestação de Braz Cubas. Na época, Júlia relatou que o maior problema não era o tempo de demora, mas sim o perigo na plataforma. 

“Como fica esse aglomerado de pessoas esperando o Estudantes, quando chega qualquer trem, seja sentido Guaianases ou Suzano, é um empurra-empurra absurdo. Já quase caí dentro do trem várias vezes, já vi gente cair, é desumano. Isso tem acontecido desde fevereiro, mas sinto que agora no mês de abril se intensificou”, afirmou.

Até quando dura o loop?

A equipe de reportagem de O Diário entrou em contato com a CPTM na última terça-feira (15/05) a fim de obter um posicionamento sobre o fim da baldeação em Suzano. Na ocasião, a companhia informou que não há novidades sobre o fim do loop.

LEIA TAMBÉM

A companhia havia informado, em 8 de abril, que os trens voltariam a circular apenas com dois loops, sendo um em Guaianases e outro em Estudantes e, desta forma, ocorreria o término da baldeação em Suzano.

A medida ocorreria durante horário de pico, ou seja, das 05h30 às 9 horas, e das 16 às 20 horas. O prazo inicial estipulado para manutenção na subestação Braz Cubas foi de 45 dias e, caso seja cumprido, o fim do loop deve ocorrer já na quinta-feira da semana que vem (30/05). 

César de Souza

A equipe de O Diário entrou em contato, em 6 de maio, com a Secretaria de Parcerias em Investimentos do Estado de São Paulo que, na oportunidade, informou que um documento contendo valores de investimento, tempo de duração das obras e demais questionamentos será divulgado no final deste mês pelo governo estadual.

A extensão da linha 11- Coral aparece como uma das mais importantes necessidades dos cidadãos mogianos, principalmente aqueles que residem no distrito de César de Souza. A ativação e o desenvolvimento de uma estação ferroviária capaz de fazer com que os moradores locais consigam acesso à capital paulista de maneira mais rápida, sem precisar de um ônibus municipal para chegar nas estações Estudantes ou Mogi das Cruzes.

Veja Também